O polémico e aclamado And Then We Danced

poster“Merab tem treinado desde pequenino no Ensemble Nacional Georgiano com a sua parceira de dança, Mariam. O seu mundo é repentinamente virado de cabeça para baixo quando o carismático e despreocupado Irakli chega e se torna tanto o seu mais forte rival, quanto o seu objeto de desejo. Neste cenário conservador, Merab terá de se libertar e arriscar tudo.” – Sinopse do Queer Festival.

 

O filme And Then We Danced (და ჩვენ ვიცეკვეთ), realizado e escrito por Levan Akin, é um filme de drama/ romance LGBT protagonizado pelo ator Levan Gelbakhiani (Merab), que tem dado muito que falar, quer seja a nível nacional (na Geórgia), como a nível internacional, tendo até a equipa do filme já se deslocado a vários festivais de cinema e sido nomeado para vários prémios, muitos deles até mesmo ganhos. A 21 de Setembro de 2019 vieram a Portugal, ao Queer Lisboa, Festival Internacional de Cinema Queer.

Gelbakhiani, dançarino, ao contrário do que se possa pensar, nunca tinha tido experiência como ator. Foi contactado no Instagram por Akin, após este ter encontrado a sua conta, sendo que a proposta de participar no filme foi recusada inúmeras vezes. Isto pode-se justificar pelo delicado tópico da longa-metragem, bem como a dificuldade de receção por parte do povo georgiano. Foi a noção de que este projeto poderia incentivar uma mudança social que o levou a finalmente aceitar o papel.

Inspirado por ver um grupo jovem a ser atacado durante a primeira Gay Pride Parade em Tbilisi, Geórgia, em 2013, o diretor decidiu explorar o tema. E, tal como esperado, o filme foi motivo de protestos, quando os grupos conservadores e pró-Rússia ameaçaram cancelar a exibição nos cinemas de Tbilisi e Batumi, alegando que a exibição era um “atentado às tradições e valores cristãos georgianos e populariza o pecado da sodomia”. Num pais onde ir ao cinema para ver um simples filme é um ato de rebeldia e um risco à vida – sem exageros – , muitas pessoas que o foram assistir tiveram de ser escoltadas pela polícia para ir para casa em segurança,  e o filme já foi posto online várias vezes.

Com uma pontuação no IMDB de 8.2, todos os aspetos do filme, isto é a direção, a escrita, a edição, a performance dos atores, a cinematografia e o som, fazem de And Then We Danced o perfeito candidato a Óscar de Melhor Filme Internacional 2020. E talvez seja uma oportunidade de situar a Geórgia a nível internacional, quer seja através da beleza do país, pela simplicidade das vidas, pela cumplicidade e afeto que existe entre as pessoas, como pela comida pela qual eu tanto me babei enquanto víamos Merab a trabalhar no restaurante. 

 

Este artigo de opinião é da pura responsabilidade do autor, não representando as posições do Desacordo ou dos seus afiliados. 

Escrito por: Júlia Varela

 

Um pensamento sobre “O polémico e aclamado And Then We Danced

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s