Uma Comic Con Portugal 2017 a dar que falar

Sábado de manhã. Eram 10:30 quando finalmente, após grandes imprevistos, cheguei à Exponor, em Matosinhos, pronta para vivenciar o maior evento de cultura pop realizado em Portugal, que aborda desde Banda Desenhada a TV e Cinema ou até Videojogos e plataformas digitais.

 

Por entre estudantes de Hogwarts, cabelos da Princesa Leia, de batgirls, de Elevens Laras Croft, assim se fizeram os meus dois dias de experiência na CCPT 2017, onde percorri todos os seis auditórios possíveis – descobri artistas cheios de talento no Artist’s Alley, comprei merchandise na área de exposição, assisti a sessões de autógrafos no VIP Stage e, sobretudo, conheci pessoas com características super diferentes e motivadoras.

Num evento marcado não só pela pop culture, mas também pelo realce do poder feminino crescente nesta industria artística, o desacordo teve o prazer e assisitir quer à conferência de imprensa, quer ao Q&A da adorada jovem Bethany de Jumanji: Bem-Vindo à Selva, Madison Iseman, que anuncia, sem medos, que “esta é das melhores alturas para uma mulher ser atriz”. A jovem estrela revela-nos que cresceu em Modern Family e que, daqui em diante, sonha em pertencer a algo inspirador. Por entre risos, Madison contagia o público quando nos diz que adora Eleven, de Stranger Things, por essa mesmo representar o carácter feminino personificado numa heroína.

O painel decorre e é a vez de Katherine McNamara (Clary Fray de Shadowhunters) entrar em cena com a sua simpatia ao dizer “we learn from Shadowhunters and we can improve upon it”. A atriz do elenco de Maze Runner encantou-se com a cidade do Porto e o Porto lá se encantou com ela.

image1

Já quase que habituada a um recinto com seis pavilhões, depois de tirar fotografia a tudo o que era cosplay, havia chegado o momento que eu tanto esperava: o painel de Dominic Purcell.

“I agree with you but my bank account doesn’t”

Todos no público já pareciam exaustos naquele final de tarde, mas mesmo assim todos se riram quando Lincoln de Prison Break admitiu a um fã que a série deveria ter terminado na segunda temporada (em contraposição à opinião da sua conta bancária) ou quando relatou um episódio caricato de quando uma senhora chamou a polícia local pensando mesmo que Dom era um fugitivo da prisão.

“I got into portuguese beer last night”

Quando questionado se bebia tanto quanto Rory de Legends of Tomorrow e se estava a gostar de Portugal, o ator australiano junta o útil ao agradável e ainda menciona o seu gosto particular pela acolhedora cidade que inspirou o mundo de Harry Potter.

O ator que só se tornou ator por acidente mostrou-se tão engraçado e divertido quanto já esperávamos e, para terminar o primeiro dia em grande, deixa em aberto a possibilidade de realização de mais crossovers em 2018.

image7

Na manhã gelada de Domingo, o Auditório A prepara-se para receber, ao som de João Paulo Sousa, Kristen Vangness de Mentes Criminosas, que parecer ter um efeito super carinhoso nas mães dos fãs que a interrogaram. A atriz refere que moldou a sua personagem “bem ao seu jeito”, devido à falta de roupa disponível por parte da própria produção, e criou assim uma Penelope Garcia mais confiante, que fala mais rápido que a própria Kristen e com um look diferente e engraçado. Esta ainda nos conta, por entre admirações à sua relação com Shemar Moore, que deve a sua carreira a ele, pois, sem o mesmo, ela apenas teria durado até ao segundo episódio do sucesso transmitido pelo AXN, em Portugal.

“‘Don’t be so hard on yourself’ – is the advice I’d give to my younger self” 

E como todas as mulheres nesta indústria, todas as que marcaram presença no palco da Comic Con são exemplos do papel feminino no mundo e aqui não poderia faltar a referência à nossa luso-americana Daniela Ruah – que interpreta a agente especial Kensi Blye, em NCIS: Los Angeles – que, com o maior dos carinhos, até abraçando uma fã, demonstrou o apoio a todos aqueles que lutam diariamente com eles próprios, deixando o apelo de que “é normal pedir ajuda, às vezes até devemos”.

E assim me despedi de uma Comic Con, com grandes demonstrações de apostas da Warner Bros., com campeonatos gaming e conversas com intelectos extraordinários e, como não poderia faltar, com personalidades que já dão que falar no solo português como SofiaBBeauty, Inês Rochinha e Paulo Sousa. Por isso, quanto a ti, Comic Con, vemo-nos daqui a um ano – talvez desta vez em Lisboa.

Escrito por: Elisa Lamy

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s