A classe política será sempre aquilo que fizermos dela

No artigo desta semana, até porque caminhamos a passos largos para as legislativas de 30 de janeiro, achei pertinente falar um pouco sobre a cada vez maior descrença da nossa população relativamente à classe política. Esta descrença é bastante negativa para a democracia, e em concreto para uma democracia que se quer tão sólida quanto possível, e manifesta-se, de entre muitas formas, através, por exemplo, … Continue a ler A classe política será sempre aquilo que fizermos dela

Ou ganha António Costa, ou não ganha ninguém

Ao contrário daquilo que perspetivei no meu último artigo (‘Noite de gala no Casino de São Bento’), em que referia que a aparente intransigência dos partidos à esquerda do Partido Socialista não passava apenas de um golpe de teatro, na tentativa de estes captarem o seu eleitorado, a verdade é que os mesmos acabaram por não viabilizar o documento do Orçamento do Estado. Era minha … Continue a ler Ou ganha António Costa, ou não ganha ninguém

Noite de gala no “casino de São Bento”

Ao longo dos últimos dias, houve um casino em Portugal que se destacou dos demais, o “Casino de São Bento”. Este, ao contrário dos restantes que oferecem os mais diversos jogos àqueles que optam por frequentar os seus espaços, apostou todas as suas fichas num único jogo: O Orçamento do Estado. À primeira vista pode parecer uma estratégia algo arriscada, mas a verdade é que … Continue a ler Noite de gala no “casino de São Bento”