TecStorm: Cobertura do último dia

O Jornal Desacordo esteve presente no último dia (24 de abril) da maratona tecnológica que instiga o empreendedorismo e a inovação para solucionar problemas modernos e, de acordo com muitos relatos, foi uma experiência sem igual.

Segundo relatos sobre os outros dias do evento, no dia 22 de abril houve um momento para se conectar com profissionais de diversas áreas, um roundtable sobre inovação e empreendedorismo. No dia 23, mais um roundtable, agora com startups brasileiras, instruções de como fazer o pitch e o início da competição.

O Hackathon realizado na Fundação Champalimaud colocou os seus participantes e a equipa organizadora, que esteve constantemente presente a dar apoio, no limite, ao colocar 24 horas seguidas para desenvolverem as suas ideias, planos de negócio e protótipos de produtos.

No total estavam a concorrer 28 equipas, divididas igualmente em 4 categorias, Connect for a Better Future (patrocinada pela Vodafone), Digital Health (patrocinada pela Fundação Champalimaud ), Sustainable Development (patrocinada pela Fundação Calouste Gulbenkian) e Energy Solutions for a Low Carbon Future (Patrocinada pela Galp).

Após o fim dessa etapa, as equipas tiveram que aguardar a chamada para o pitch, que é uma rápida apresentação que procura convencer o júri que o negócio é algo válido e rentável. Por fim, quando já todos tinhame apresentado, foi requisitado um tempo para serem ponderados e selecionados os finalistas, dois por categoria, que iriam subira ao palco e apresentariam novamente seus respectivos projetos.

A cerimónia de encerramento seguiu com cada representante dos patrocinadores a discursar e ser anunciado o vencedor da respectiva categoria.

Os vencedores do prémio de 2500€ foram:

  • Digital Health – Seht – aplicação que atribui carros comuns para pessoas que precisam ir ao hospital mas não necessitam de uma ambulância.
  • Energy Solutions for a Low Carbon Future -Ecopod – um dispositivo que recolhe tanto energia solar quanto eólica e, se necessário, hídrica.
  • Connect for a Better Future – Mantis – um sensor que detecta peões e ilumina a passadeira para facilitar a visão dos motoristas e evitar acidentes.
  • Sustainable Development – Seeds4kids – aplicação e aparelho que ajudam a manter o controlo sobre a plantação e incentivar e ensinar os mais jovens sobre agricultura sustentável.

Por fim, a presidente da JUNITEC, Maria João Carvalho, agradeceu a todos pela presença e, junto dos seus gestores, compartilhou um pouco da trajetória até aquele momento.

A Júnior Empresa, que organizou o evento, recebeu muitos elogios por parte dos participantes, que ficaram maravilhados pela oportunidade e por tudo lhes ser fornecido, desde a estadia para aqueles que vieram de longe, a alimentação ao longo de todo evento, ao material que a equipa estava sempre disposta a disponibilizar e a procurar tudo que precisassem, e ainda a mentoria e o auxílio constante.

Escrito por: Henrique Barbosa de Carvalho

Editado por: Rita Tavares

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s