Pente Fino: Lília Ferreira é a Vice-presidente da CPISCSP

Lília é Vice-presidente da Comissão de Praxe do ISCSP (CPISCSP) e está a tirar licenciatura em Sociologia. Considera que imparcialidade, humildade e empatia são as três características fundamentais para fazer parte da Comissão de Praxe. “Não tenham medo de experimentar tudo e mais alguma coisa”, diz enquanto nos conta um pouco da sua experiência e aventura académica.

Quem és? Como te descreves?

Sou a Lília, sou uma pessoa tímida, mas gosto de conhecer pessoas novas. Considero-me uma pessoa calma e vivo ao sabor do vento.

Porquê este curso? Foi a tua primeira opção?
De todo, nunca tinha pensado tirar uma licenciatura em Sociologia, candidatei-me na segunda fase um pouco por acaso. Originalmente queria Psicologia e até estive para mudar de curso, mas acabei por me apaixonar pelo curso em grande parte por causa da praxe e das pessoas que lá conheci e porque me interessei pelas matérias.

Porquê entrar na praxe? Foi algo que sempre quiseste para o teu percurso académico? 
Entrei um pouco a medo e reconsiderei várias vezes se devia mesmo ir ou não, mas depois do meu primeiro dia já não queria outra coisa. Adorei todo o espírito de união e dedicação ao curso e à faculdade, fiz lá amigos que quero levar para a vida e aprendi muita coisa sobre mim e sobre a vida na praxe.

Como descreves o sentimento de pertença à Praxe? 
 É realmente surreal, é verdade que não é a única forma de integração, mas é das mais eficazes, os momentos que lá passamos marcam-nos imenso e as memórias que guardo são mesmo muito especiais.

Como foi assumir este cargo? 
Muito desafiante! Todos os dias aprendo muito e sou muito grata pela confiança que a Daniela depositou em mim. 

Lília Ferreira, Carolina Bettencourt e Daniela Trigo

Que características consideras essenciais para se poder assumir um cargo de chefia, neste caso na Comissão de Praxe?
Imparcialidade, humildade e empatia devem ser das características mais importantes para desempenhar este tipo de cargo e eu tento sempre manter estes princípios. Além disto, acho que é importante ter a capacidade de manter a calma em situações de grande pressão.

Como é que ocupas o teu tempo?
Por mais desinteressante que seja, quando não consigo estar com os meus amigos, na maioria das vezes é a ver séries, ouvir música ou a ler!

Onde te vês daqui a cinco anos?
Não tenho planos muito concretos a longo prazo, espero estar a trabalhar num sítio que me realize e ser feliz!

Qual foi o momento que viveste, no teu percurso académico, que recordarás para sempre?
Dentro do poço de memórias que é o ISCSP, sem dúvida nunca vou esquecer o meu primeiro dia, senti muito nervosismo e medo, mas também muito entusiasmo por estar a começar uma nova etapa.

Dentro do contexto de Praxe, que momento guardas com mais carinho?
Tenho demasiados, mas se tivesse de escolher só um provavelmente seria o momento em que os meus padrinhos me traçaram a capa, foi mesmo muito especial e vou guardar com muito carinho. Aqueles dois vão sempre ter um lugar no meu coração! 

Qual a mensagem que gostarias de deixar a futuros caloiros?

Espero que tal como eu se apaixonem pelo ISCSP, não tenham medo de experimentar tudo e mais alguma coisa, acreditem que no final tudo vale a pena, mais não seja pelas memórias! Acima de tudo aproveitem, porque o primeiro ano é verdadeiramente o melhor e passa a correr, a faculdade foi das experiências mais bonitas que tive, desejo a todos os caloiros que possam ter uma experiência tão boa como a que eu tive!

Escrito por: Maria Santos

Editado por: Rafaela Boita

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s