“Acreditem em mim: O rapto de Lisa McVey” – uma história verídica

“Acreditem em mim: O rapto de Lisa MVvey” é um filme norte-americano que estreou em 2018, baseado numa história verídica. Os protagonistas do filme são Katie Douglas, que interpreta o papel de Lisa McVey, Rossif Sutherland, que dá cara a Bobby Joe Long, e David James Elliot, que interpreta a personagem Larry Pinkerton.

O filme relata a infeliz história de uma adolescente de 17 anos chamada Lisa McVey, uma rapariga cuja vida não era de todo fácil.  Lisa vivia num seio familiar abusivo. Fora de casa, era obrigada a trabalhar até às tantas horas da noite para sustentar a família, e dentro era forçada a satisfazer quaisquer necessidades que o homem da casa requisitasse.

Na noite em que Lisa tencionava acabar com o seu sofrimento, no regresso a casa, após o seu turno de trabalho, Lisa foi surpreendida por Bobby Joe Long, um assassino em série, que a manteve detida durante 26 horas. Enquanto Lisa esteve nas mãos do seu raptor foi violada e ameaçada de morte inúmeras vezes. Lisa, tal como todas as outras vítimas de Bobby Long, já tinha o destino traçado… No entanto, devido à sua experiência de vida e à sua inteligência, a jovem conseguiu, através do seu lado emocional, sensibilizar o seu sequestrador e dissuadi-lo de a querer matar.

Após ter estado 26 horas retida, Lisa foi liberta por Bobby Long, correu até casa e contou tudo à sua família. Contudo, nem a própria família de Lisa acreditou na história que a pobre jovem contava. Lisa foi levada para a esquadra para fazer o seu depoimento. Inicialmente foi escutada por duas inspetoras e, mais uma vez, ninguém acreditou nela, pois consideraram que enquanto Lisa relatava os acontecimentos, a sua história tinha demasiados pormenores para alguém que tinha sido subtido a níveis de elevado stress e violência. Na esquadra, somente um polícia acreditou na história da vítima. Larry conduziu posteriormente a investigação que permitiu desvendar quem era realmente o raptor de Lisa e o assassino em série que há seis meses andava a matar jovens mulheres.

É possível afirmar que a história de Lisa McVey, embora sombria, é absolutamente inspiradora e comovente, uma vez que mesmo tendo sido submetida a uma situação traumática e perturbadora, conseguiu, devido à sua astúcia, reunir uma série de detalhes e deixar evidências que contribuíram para a descoberta do verdadeiro criminoso e, consequentemente, para o encerramento deste ciclo de crimes. Incrivelmente, a sua coragem e determinação em não desistir salvaram a vida de várias mulheres.

Atualmente, Lisa McVey é uma polícia americana que trabalha no departamento de crimes sexuais. Sem qualquer margem de dúvidas, é um exemplo para toda a gente. Mesmo possuindo um tenebroso passado, Lisa conseguiu reerguer-se e contribuir para fazer deste mundo um lugar melhor, desempenhando um importante papel na ajuda de vítimas de crimes semelhantes ao seu, como também de crianças que se encontram em situações perigosas.

“Acreditem em mim: O rapto de Lisa Mcvey” é um filme que retrata de forma exímia a verdade sobre a história de Lisa McVey e o serial killer Bobby Joe Long.

Este artigo de opinião é da pura responsabilidade do autor, não representando as posições do desacordo ou dos seus afiliados.

Escrito por: Laura Pais

Editado por: Rita Tavares

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s