A viagem pelo processo de libertação de Britney Spears

Britney Spears, cantora norte-americana de 39 anos, vivia desde 2008 sob a tutela pessoal e patrimonial de James Spears, seu progenitor. O dia 12 de novembro de 2021, data em que foi libertada do controlo do pai, fica então marcado pelo recomeço da vida da cantora.

Fonte: Público

Foi em 2007 que a cantora começou a ser questionada em relação à sua saúde mental, tendo sido internada, em janeiro de 2008, no hospital Cedars-Sinai Medical Center. As dúvidas em relação ao seu estado mental levaram-na a perder a tutela dos filhos e a ficar sob o controlo legal do pai, que tomava conta da sua vida profissional e pessoal. A tentativa de extorsão dos bens da cantora, bem como as inúmeras violações aos direitos pessoais de Britney, por parte de James Spears, fizeram com que os seus fãs se manifestassem, tanto nas redes sociais online, como através de campanhas que apelavam à sua libertação.

Fonte: Diário de Notícias

Os sucessivos internamentos psiquiátricos, a imposição da obrigação de métodos contraceptivos, contra a sua vontade, e a falta de poder nas tomadas de decisões levaram Britney Spears a pedir, em 2019, o término da tutela paternal. A recusa deste pedido, por parte do Tribunal Superior do Condado de Los Angeles, originou uma grande revolta nas redes sociais online, mobilizando, novamente, os fãs, que saíram à rua e expressaram o seu desagrado.

Após quase 14 anos sob a tutela do progenitor e um ano e meio depois deste pedido, Britney Spears está, finalmente, livre. Apesar de ter sido um processo demorado, bastaram apenas 30 minutos para que a juíza Brenda Penny deliberasse a favor da cantora. Declarou ainda, segundo o The New York Times, que a tutela que dominava a vida profissional e pessoal de Britney ‘’já não seria necessária’’. Ainda assim, Matthew Rosengart, advogado da cantora de 39 anos, reitera a necessidade de investigação a James Spears, pai de Britney, por suspeitas de má gestão da tutela. 

Este processo não se manteve apenas dentro das quatro paredes do Tribunal Stanley Mosk. Em Los Angeles, dezenas de fãs da artista reuniram-se à porta do tribunal, esperançosos e ansiosos que, naquele dia, fosse decretado o fim da sua tutela. Também nas redes sociais online foi manifestado o apoio dado à cantora, seja através da hashtag #FreeBritney, ou de publicações no Instagram. Nomeadamente, Sam Asgari, namorado de Britney, partilhou um vídeo da cantora onde esta expressava a sua vontade de lutar pela sua liberdade. 

Dia 12 de novembro de 2021, marcou então o início de um novo capítulo de vida da artista. Volta agora a poder tratar de si, arranjar o cabelo, ou pintar as unhas (coisas que não podia fazer até então, sem a autorização do pai), bem como expressar a sua vontade de ser mãe. Além disso, anunciou também estar noiva do atual companheiro, por isso, preparem-se que temos casório assegurado!

Escrito por: Beatriz Nicolau

Editado por: João Miguel Fonseca

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s