ISCSPoiler: Eternals – A resposta da Marvel aos pedidos de um rumo diferente

Eternals conseguiu mostrar que a Marvel Studios consegue afastar-se da fórmula que os filmes anteriores utilizam para cativar os fãs e fazer uma boa peça cinematográfica.

Fonte: Disney

A história de Eternals passa-se depois de Avengers: Endgame (2019), quando uma raça alienígena chamada de “Deviants” surgem inesperadamente depois de terem sido supostamente extintos há milhares de anos da Terra pelos Eternos, uma raça imortal de super-humanos.

O filme conta com um elenco diversificado, tal como as personagens do filme, mas a atuação de alguns atores ficou muito aquém do que se esperava de uma obra da Marvel e do próprio historial desses mesmos atores. O elenco consta com atores como Richard Madden e Angelina Jolie, que já participaram em séries como Game Of Thrones e o filme Maleficent, por isso, as expectativas estavam altas para o elenco do filme.

O filme segue uma história bastante linear com o aparecimento de um “Deviant” que faz com que a normalidade seja posta em causa, mas o verdadeiro problema desta peça é que o filme tem a necessidade de explicar todos os acontecimentos diretos e indiretos no universo da Marvel como se o espetador não fosse capaz de acompanhar a narrativa que, por sua vez, é bastante simples. As personagens em si também não são muito profundas, parecendo que a ideia criativa foi a de cada personagem ser um estereótipo diferente, o que acabou por desviar um pouco a atenção da trama narrativa para a interpretação de cada personagem. É também importante salientar que a comunidade LGBTQ+ é representada sem tabus e também há uma personagem surda.

As gravações e a banda sonora é o que se espera de um filme da Marvel, não existem faixas que marquem o filme, mas são boas o suficiente para tornar a visualização agradável.

Eternals não é um filme inovador, mas é certamente um filme mais original da Marvel, que está a experimentar outros géneros como fez com os Guardiões da Galáxia (2014), mas não terá o mesmo sucesso que este referido anteriormente. No entanto, é um filme agradável de visualizar e uma boa aposta da Marvel e da diretora Chloé Zhao.

Nota: 6/10

Este artigo de opinião é da pura responsabilidade do autor, não representando as posições do desacordo ou dos seus afiliados.

Escrito por: Pedro Treno

Editado por: Rafaela Boita

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s