Noite de gala no “casino de São Bento”

Ao longo dos últimos dias, houve um casino em Portugal que se destacou dos demais, o “Casino de São Bento”. Este, ao contrário dos restantes que oferecem os mais diversos jogos àqueles que optam por frequentar os seus espaços, apostou todas as suas fichas num único jogo: O Orçamento do Estado.

À primeira vista pode parecer uma estratégia algo arriscada, mas a verdade é que se tem vindo a revelar uma aposta vencedora. O país parou para ver o desenrolar deste jogo, onde António Costa se apresenta como a figura principal e, desse modo, o alvo a abater por parte dos demais. Ainda assim, os restantes players (PS, PCP, BE, PAN, PSD) aparecem imbuídos de uma motivação que há muito não se via. Para alguns destes jogadores, de que são exemplo, BE e PCP, esta partida assume-se como o derradeiro desafio visto que, após os péssimos resultados no mais recente jogo das autárquicas, veem neste encontro uma possibilidade de redenção e de recuperação de tudo aquilo que anteriormente fora perdido.

O PAN aparece neste encontro como o underdog, o outsider e, ainda que, não tendo à partida capacidade para vencer o encontro, encara como vitoriosa uma participação honrosa na competição, contando para isso com alguma amabilidade de Costa (de recordar a recente alteração legislativa que proíbe menores de 16 anos de assistirem a touradas) que se apresenta bastante confiante, pese embora alguns percalços recentes, como por exemplo, a perda da governação da câmara de Lisboa para o seu maior rival, o PSD.

O que muitos dos espetadores não sabem e que tem sido inclusive, peça chave nas últimas vitórias de Costa, é o seu uso exímio do bluff. Ao recorrer a ele, Costa não só transporta a pressão para os outros players, em específico para BE e PCP, demonstrando, não só que apenas estes podem fazer com que ele não ganhe (não haja orçamento),  como também passa para fora uma certa confiança que, apesar de não ser real até pelo facto de o jogo muitas das vezes não lhe estar a correr de feição, acaba por intimidar os restantes oponentes. Em sentido inverso, também é extremamente eficaz em fazer uso do bluff na tentativa de que os seus adversários baixem a guarda, transmitindo para o exterior uma certa debilidade no seu jogo que na prática não se materializa.

Outro facto que provavelmente também escapará à maioria dos espetadores, é que esta típica jogada de Costa tem, por vezes, a colaboração mascarada e informal de BE e PCP que pretendem animar o jogo e cativar o público (eleitorado), incutindo uma certa rivalidade na partida, mesmo sabendo que no final de contas são todos grandes amigos e que a vitória cairá certamente para o favorito da noite, o inconfundível António Costa.

Passemos então para as previsões desta noite: Costa será sem grande surpresa o vencedor da partida, BE e PCP discutirão olhos nos olhos o encontro com o já referido cabeça de cartaz, mas sabendo à partida que irão desistir na reta final, estendendo assim a passadeira da vitória ao PS. O PAN cumprirá aquilo a que se propôs no início, fazer uma prestação que orgulhe os seus apoiantes e estar pela primeira vez na mesa dos grandes. Por fim, o PSD que tinha algumas expetativas antes da partida ter início, sairá do jogo de cabeça tranquila, sabendo que fez o que podia para alcançar a vitória, mas que desta vez, à imagem do sucedido em vezes anteriores, a sorte do jogo, bem como o apoio do público presente no recinto, não esteve do seu lado.

Este artigo de opinião é da pura responsabilidade do autor, não representando as posições do desacordo ou dos seus afiliados.

Escrito por: Jorge Sousa

Editado por: Rafaela Boita

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s