Pente Fino : Miguel Costa é o presidente do NCC

No Pente Fino desta semana ficamos a conhecer um bocadinho melhor o presidente por detrás do núcleo de Ciências da Comunicação, Miguel Costa.

Fonte: Instagram

Como surgiu Ciências de Comunicação na tua vida? Foi a tua primeira opção?

A área da comunicação sinto que esteve sempre lá. Desde pequeno que sempre vi muita televisão e ouvia rádio. Até escolher este curso passei por uma altura que queria ir para Ciência Política e Relações Internacionais (CPRI), depois de ter ido, no 11º ano, ao dia aberto da Universidade Católica, mas também dentro dessa área o que mais me chamava era a parte do jornalismo e da comunicação política, ou seja, a área da comunicação no geral.

De onde nasceu o gosto e dedicação pelo associativismo? Nasceu só no ISCSP ou ainda em tempos de secundário já participavas nestes projetos, como na associação de estudantes por exemplo?

Eu sempre gostei de me envolver em projetos. No 12º ano participei na Associação de Estudantes da minha escola secundária, mas o mais evidente foi de facto na faculdade, muito por me sentir mais confiante, com mais capacidades para o fazer e por ter à minha volta pessoas com a mesma vontade. 

Na tua ótica, quais são as principais características que alguém com um cargo como o teu deve ter? 

Saber gerir e falar com pessoas, ter bom senso, ter noção de como tudo funciona institucionalmente e, acima de tudo, ser dedicado e mostrar-se presente e prestável (ainda por cima tendo em conta a situação pandémica em que vivemos).

Fonte: Instagram

Qual o balanço que fazes do NCC?

De forma geral é bastante positivo, mas tem sido muito cansativo, porque, primeiro, não conseguimos fazer planos a longo prazo e depois não é possível organizar e viver as principais atividades que quase todos os estudantes universitários esperam viver na faculdade, como os jantares de curso por exemplo. Contudo sinto que temos feito um bom trabalho em proporcionar um excelente ano, dentro do possível, a todos os estudantes de Ciências da Comunicação.

O que é que os estudantes de Ciências da Comunicação podem esperar da equipa do NCC?

Podem esperar acima de tudo uma equipa e um núcleo próximo dos alunos e que procura sempre ajudar e resolver todos os problemas dos estudantes (dentro das nossas capacidades e limitações burocráticas). 

Tendo em consideração o período pandémico em questão, para ti, quais estão a ser os maiores obstáculos e as maiores dificuldades, tanto pessoalmente como enquanto presidente de um núcleo?

Pessoalmente, o que está a custar-me mais é o ter de ficar em casa, muito porque eu nunca fui uma pessoa de estar em casa. Sempre andei de um lado para o outro, sempre estudei fora de casa por exemplo. Enquanto presidente do Núcleo de Ciências da Comunicação é a impossibilidade de realizar atividades de cariz recreativo.

Fonte: Instagram

Sendo aluno do terceiro e último ano da licenciatura de Ciências da Comunicação, já pensaste no que gostarias de fazer no próximo ano?

Até ao início desta pandemia achava que o meu caminho não era seguir logo para mestrado, contudo, devido à situação em que nos encontramos, sinto que seja melhor continuar a estudar. Vou candidatar-me a um mestrado, também na área das Ciências da Comunicação.

E planos para o teu futuro profissional – onde te vês daqui a cinco anos? 

Dentro de cinco anos gostava de ter tirado o mestrado que quero e trabalhar idealmente numa rádio, senão pelo menos num trabalho que me desafie todos os dias e que seja diferente todos os dias.

Escrito por: Mariana Rodrigues

Editado por: Júlia Varela

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s