Cinco atividades para fazer em confinamento para melhorar a nossa disposição

Já todos sabemos que nesta fase é importante estabelecermos objetivos e mantermo-nos focados, mas com tudo o que se passa no mundo, a dificuldade em concentrarmo-nos aumenta e ter motivação parece algo impossível. Neste artigo, vamos falar sobre pequenas coisas que podemos fazer em confinamento, para nos mantermos ocupados e melhorar a nossa disposição.

  1. Estar 10 minutos ao ar livre

Caminhar um pouco pela zona onde moramos, de forma segura, ou ir até à varanda aproveitar o sol (que nem sempre nos presenteia com a sua presença) é algo terapêutico e que vai certamente melhorar o nosso mood. É uma atividade que todos sabemos existir, mas que por preguiça ou falta de vontade, não a fazemos. Estar em contacto com a natureza relembra-nos do que é importante e pode, de certo modo, motivar-nos. Dez minutos por dia é o suficiente para respirarmos calmamente e prepararmo-nos para os desafios diários.

2. Dançar ao som de uma música que nos anime

É de opinião geral que a música pode alterar a nosso estado de espírito em apenas minutos. Porque não pegar nos auscultadores, meter a música que mais nos anima no volume máximo (ok, máximo também não) e dançar um pouco? A vergonha não faz parte desta receita, dança como se ninguém estivesse a ver! (até porque provavelmente, não está).

Aqui vão três sugestões de músicas que podem alegrar o teu dia! Atenção que os gostos musicais dos nossos leitores são certamente muito distintos e por isso as músicas seguintes podem não ser do agrado de todos, obviamente!

3. Ler um livro

Um livro é um companheiro. Poder sair um pouco da nossa realidade e entrarmos num mundo cheio de histórias diversificadas e narrativas que podem de alguma maneira influenciar-nos, é fascinante. Por isso, ao ler, não só mantemos o nosso cérebro ativo enquanto estimulamos a criatividade e mantemo-nos ocupados, que é o objetivo, certo?

Fica então aqui, a recomendação do último livro que li: Ficarei à tua espera, de Michael Baron. É um romance “sobre o amor, a perda e as incessantes surpresas da vida” tal como o autor refere.

4. Fazer trabalhos manuais

Pintar uma tela (algo simples, por exemplo flores), moldar barro, desenhar, costurar, aprender a fazer macramé… são várias as opções criativas que podemos optar por fazer quando o aborrecimento é constante e a imaginação não está no seu auge. Ao envolvermo-nos numa atividade manual, mantemo-nos distraídos e no final ficamos com um sentimento de conquista por termos conseguido fazer algo único. Há vários vídeos disponibilizados no YouTube com tutoriais acerca de todas as atividades mencionadas. O vídeo abaixo é da Youtuber Mariana Gomes, onde nos ensina técnicas fáceis de fazer cerâmica em casa!

De seguida, serão apresentadas (em imagens), algumas ideias de trabalhos manuais, de modo a inspirar-vos!

5. Ouvir podcasts ou vídeos de comédia

Cada vez mais, ouvimos falar de podcasts e a verdade é que são uma excelente forma de passar o tempo. São varios os temas que os podcasts abordam e há para todos os gostos!

Por fim, falemos de vídeos de comédia que são uma ótima maneira de alegrar e ocupar os nossos dias. Pode ser uma comédia com um carácter mais informativo ou pedagógico ou então algo com uma natureza puramente humorística.

Sugiro por isso, um vídeo que assisti há alguns dias no canal de YouTube do famoso humorista Guilherme Geirinhas “Porque adoramos ter razão”, um vídeo que faz parte da sua rubrica “Coisas Chatas Com Humor”.

Escrito por: Margarida Gomes

Editado por: Inês Conde

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s