“Tickets to My Downfall” em retrospetiva

O álbum “Tickets to My Downfall”, de Machine Gun Kelly, foi um dos lançamentos mais memoráveis de 2020 e marcou uma mudança drástica na direção de carreira do artista de hip-hop/rap. Este projeto prometeu reavivar o punk-pop dos anos 2000: será que teve sucesso?

Machine Gun Kelly, nome artístico de Colson Baker, lançou quatro álbuns de estúdio no estilo hip-hop antes de “Tickets to My Downfall”. Em 2019, o cantor de Cleveland, Ohio lançou o seu quarto disco, “Hotel Diablo”, com o single “I Think I’m Okay”, uma colaboração, num estilo semelhante a punk-rock, com Yungblud e Travis Barker, o baterista da banda de rock Blink-182. Esta música teve uma receção excecional e recebeu, até mesmo, a certificação de platina RIAA nos Estados Unidos (dois milhões de cópias vendidas).

A partir do sucesso da primeira colaboração, Colson Baker e Travis Barker juntaram-se, de novo, para fazerem nascer os hit singles “Bloody Valentine”, “Concert for Aliens” e “My Ex’s Best Friend”, lançados no decorrer de 2020, que tiveram um tremendo sucesso comercial. Finalmente, no dia 25 de setembro, foi então disponibilizado, em todas as plataformas de música, o projeto “Tickets to My Downfall”.

O punk-pop caiu no esquecimento das audiências mainstream, ou, pelo menos, pode-se dizer que não tem o mesmo nível de popularidade que já teve, com o sucesso dos Sum 41 e dos Blink 182. O hip-hop tornou-se o género musical predominante nos charts. Assim, a decisão de Machine Gun Kelly em fazer um projeto num estilo musical não só diferente do seu habitual, como menos popular foi, no mínimo, uma escolha arriscada. O próprio título do álbum está relacionado com essa noção, porque depois do popular back-and-forth do cantor de “Bloody Valentine” com emcee Eminem, e as repercussões desse pequeno confronto, que forçou uma divisão no público de ambos artistas e colocou Machine Gun Kelly numa posição, no mínimo, desconfortável, uma mudança tão drástica como esta podia ter um impacto contraproducente na sua carreira e, em especial, na perceção dos seus fãs e das audiências mainstream de hip-hop.

Contudo, “Tickets to My Downfall” foi um sucesso comercial e, na primeira semana do seu lançamento vendeu 126 mil cópias. O álbum recebeu uma pontuação de 72, numa escala de 0 a 100, no Metacritic (website dedicado a críticas) e foi considerado, pelo mesmo, um dos álbuns mais discutidos no ano do seu lançamento. O álbum recebeu também uma adaptação cinematográfica na forma de “Downfalls High”, no dia 15 de janeiro deste ano, que reune nomes como Chase Hudson e Sydney Sweeney no elenco. O filme relata a vida conturbada de um adolescente chamado Fenix (Chase Hudson), a sua relação com Scarlett (Sydney Sweeney), a menina popular da escola, e a sua paixão pela música. Este projeto foi, no geral, bem recebido e teve um total de dezasseis milhões de visualizações no primeiro fim-de-semana em que foi disponibilizado, para além de ter recebido uma cotação de quatro estrelas, de zero a cinco, pelo NME.

Após a excelente receção e sucesso comercial deste álbum já é possível ver a sua influência na música do primeiro trimestre de 2021. Machine Gun Kelly e Yungblud já disponibilizaram, recentemente, um sucessor ao hit “I Think I’m Okay”, denominado “acting like that”, que teve uma receção positiva por parte dos fãs. No entanto, o projeto mais recente que segue um estilo punk semelhante ao de “Tickets to My Downfall” é a versão deluxe do álbum “Pegasus”, de Trippie Redd, denominada “Neon Shark vs Pegasus”, que inclui as colaborações de Machine Gun Kelly e Travis Barker. Deste modo, apesar de ser prematuro formar conclusões em relação ao futuro do punk-pop na cultura mainstream, pode afirmar-se que o género musical está mais que vivo e que a influência e sucesso comercial de “Tickets to My Downfall” foi um aspeto importante para esta renascença do estilo nostálgico dos anos 2000.

Escrito por: Pedro Oliveira

Editado por: Mariana Mateus

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s