A Princesa e o Sapo

Desde que a bastonária da Ordem dos Enfermeiros Ana Rita Cavaco deu um “beijo de amiga” a um sapo, tenho aguardado pacientemente por que algo mágico acontecesse, mas, até agora, nada… Isto, talvez, porque apenas em contos fantasiosos um sapo se pode transformar num príncipe e, na realidade, o que acontece é que o sapo permanece um sapo e quem o beija fica com a boca suja.

Tamanha sujidade viu-se quando Ana Rita Cavaco se dirigiu desrespeitosamente, chamando “gorda fura filas” a alguém que não merece o respeito de ninguém, a autarca de Portimão, Isilda Gomes. Pois, parece que a senhora Isilda, na vacinação, passou à frente de pessoas que combatem na primeira linha da pandemia, tendo-o justificado com “tenho 69 anos, sou obesa e hipertensa”. Mais tarde, disse que era por intermediar visitas virtuais aos doentes, trabalho esse que não requer nenhum contacto direto com doentes… Não sei se é impressão minha, mas não me parece ser algo que justifique passar à frente de enfermeiros e médicos, porém a senhora lá saberá!

Ainda que quem a bastonária condenou merecesse ser condenado, foi a forma como o fez que não foi correta. O que expressou foi algo que esperaríamos ver escrito no Twitter de João Quadros e não no Facebook da senhora bastonária da Ordem dos Enfermeiros.

Atenção! Já me estava a esquecer que a senhora bastonária também chamou “chicos espertos e fura filas” a um secretário de Estado e sua esposa, por ter “ouvido dizer” que estes se tinham vacinado indevidamente. Entretanto, já veio o secretário de Estado dizer que é informação falsa. Mas então fazem-se acusações por “ouvirmos dizer”? Se agora eu também ouvisse dizer que, em 2013, quando Ana Rita Cavaco trabalhava no Centro de Saúde da Graça, faltou três semanas ao trabalho em junho desse ano, e que, quando voltou, preencheu a folha de ponto como se tivesse trabalhado essas três semanas, também ia agora escrever no Facebook que Ana Rita Cavaco é uma chica esperta, por ter ido passar férias ao Algarve e querer fingir que esteve a trabalhar? Ganhem noção!

Todo este circo presenteado pela senhora bastonária, na realidade, cheira-me a uma tentativa de chamar as atenções, para em breve poder saltar para a piscina dos grandes… Só ainda não consegui decifrar se para a piscina do PSD ou do Chega. Provavelmente para a segunda, dada a adoção da política do insulto. Contudo, seja qual for a piscina que escolha, espero que submerja.

Este artigo de opinião é da pura responsabilidade do autor, não representando as posições do desacordo ou dos seus afiliados.

Escrito por: Afonso Alturas

Editado por: Júlia Varela

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s