As 5 maiores surpresas da NBA até agora

Este primeiro mês de NBA foi o suficiente para oferecer a todos os apaixonados pelo basquetebol americano momentos inesquecíveis, que provam, mais uma vez, o interesse mundial por este desporto.

Antes de seguir para as surpresas propriamente ditas, menciono, pela positiva, jogadores como Kevin Durant que está a fazer um inicio de época extraordinário e com números muito semelhantes à temporada de 2013/14, onde foi coroado MVP e em que representava os Oklahoma City Thunder; mencionar ainda Steph Curry que nos continua a maravilhar jogo após jogo e que ultrapassou no passado dia 24/01 o “Hall of Famer” Reggie Miller como segundo maior atirador de 3 pontos, somente atrás de outra lenda, Ray Allen; assim como Giannis Antetokounmpo, Nikola Jokic, LeBron James e Anthony Davis, Luka Doncic, Joel Embiid, Paul George e Kawhi Leonard, entre outros, todos a realizarem um grande inicio de campeonato.

Passemos então às cinco maiores surpresas deste inicio de NBA (sem uma ordem específica).

1º – Collin Sexton

Fonte: FiveThirtyEight

A iniciar a sua terceira temporada na maior liga de basquetebol do mundo, o base norte-americano está com uma média de 25,5 pontos por jogo (20,8 em 2019/20), com uma percentagem de 45,8% da linha de 3 pontos (38% em 2019/20) e 51,7% no total de lançamentos efetuados (47,2% em 2019/2020). Os Cleveland Cavaliers têm uma autêntica pérola em mãos.

2º – Jaylen Brown

Fonte: The New York Times

Apesar de já ser um jogador com algum destaque na liga, o segundo base dos Bolton Celtics está a realizar um inicio de época extraordinário com uma média de 27,3 pontos por jogo (20,3 em 2019/20), com uma percentagem de 43% da linha de 3 pontos (38,2% em 2019/20) e 53,2% no total de lançamentos efetuados (48,1% em 2019/20).

3º – Christian Wood

Fonte: The Undefeated

O poste dos Houston Rockets tardou em se afirmar na liga, mas parece que veio para ficar. Aos 25 anos, Wood está com uma média de 23,5 pontos por jogo (13,1 em 2019/20) e a ganhar, em média, 10,8 ressaltos por jogo (6,3 em 2019/20).

4º – Mikal Bridges

Fonte: Bright Side Of The Sun

Os Phoenix Suns têm sido muito consistentes e uma das causas para tal acontecimento chama-se Mikal Bridges. O extremo de 24 anos está com uma média, por jogo, de 15,1 pontos (9,1 em 2019/20), 5,8 ressaltos (4 em 2019/20), uma percentagem de 45,9% da linha de 3 pontos (36,1% em 2019/20) e mantém-se nos 51% no que toca ao total de lançamentos efetuados, tal como no ano anterior.

5º – Jerami Grant

Fonte: Detroit Bad Boys

Chegado a Detroit, proveniente dos Denver Nuggets, Grant não demorou a ganhar o seu espaço nos Pistons. Apesar do mau arranque da sua equipa, o extremo norte-americano vem sendo um dos maiores destaques desta temporada, com uma média, por jogo, de 24,3 pontos (12 em 2019/20), 3 assistências (1,7 em 2019/20) e 6,4 ressaltos (3,5 em 2019/20).

Ficam por mencionar Julius Randle, Malcolm Brogdon ou Nikola Vucevic, entre outros jogadores.

Este artigo de opinião é da pura responsabilidade do autor, não representando as posições do desacordo ou dos seus afiliados.

Escrito por: Renato Soares

Editado por: Júlia Varela

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s