O Circuito Mundial de Surf está de volta e “Kikas” marca presença

No meio de um ano atípico para todos, Frederico Morais está de regresso à elite de Surf. Após a edição de 2020 do circuito mundial (WST) ter sido cancelada, a Liga Mundial de Surf (WSL) reagenda a edição de 2021, com novidades e várias alterações.

Fonte: Diário do Distrito

A primeira etapa do World Surf League (WSL) tinha data marcada em março de 2020, na Austrália, e iria contar com o regresso de Frederico Morais à elite de surf. Com o avanço da pandemia, o panorama alterou-se e o campeonato ficou em suspenso.

Forçados a diversas alterações, decorre desde a passada terça-feira, dia 8, até dia 20 dezembro, a primeira etapa do circuito mundial de surf, iniciada pelo tradicional fim de prova. O Billabong  Pipe Masters será, portanto, a primeira das 11 provas a ser disputada. Sem data marcada ficam, para já, a etapa de Peniche e a Quiksilver Pro G-Land na Indonésia.

No entanto, as novidades não se deixam ficar por aqui, existindo novos formatos para encontrar o campeão. Expecta-se que, em  setembro de 2021, os cinco primeiros classificados do ranking feminino e masculino se defrontem num tudo ou nada na Califórnia. O apuramento dos surfistas para a praia californiana baseia-se no somatório de pontos ao longo do circuito.

O português de 28 anos, conhecido por “Kikas”, é o primeiro a conseguir o apuramento para o mundial por duas vezes consecutivas. Ao longo do ano, aproveitou para treinar e aperfeiçoar a técnica para a sua prestação rumo ao Havai – local onde está a decorrer a disputa da primeira prova do campeonato de surf.

As ondas de Pipeline (Havai) dão lugar à primeira ronda da prova. O surfista profissional português concorre no heat 4, encontrando como adversários Jordy Smith (África do Sul) e Leo Fioravanti (Itália).

Francisco Morais não prevê o regresso a Portugal tão cedo, já que as seguintes etapas do circuito mundial seguem-se em Sunset Beach (Havai), entre 19 e 28 de janeiro, e em Santa Cruz, no estado da Califórnia entre 2 e 12 de fevereiro.

Antes de partir de Lisboa, o surfista português deixou aos fãs um registo dos últimos treinos na rede social Instagram.

Importa ainda realçar que, devido ao grande ano de conquistas e prestações de 2019, “Kikas” conseguiu vaga para os Jogos Olímpicos de Tóquio 2020, adiados para 2021.

Escrito por: Maria Santos

Editado por: Rafaela Boita

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s