Sassuolo: A sensação da Serie A que Roberto De Zerbi potenciou

Fonte: Site Oficial U.S Sassuolo

O Sassuolo, liderado por Roberto de Zerbi, está a ser uma das maiores surpresas do futebol europeu, após o impressionante arranque na Serie A.  Jogadas as primeiras sete jornadas, a equipa ocupa o segundo lugar do campeonato e permanece invicta, tal como AC Milan e a Juventus.

Roberto de Zerbi é, sem sombra de dúvidas, um dos mais interessantes e entusiasmantes treinadores do futebol mundial. A preferência pelo 4-2-3-1 e pelo 3-4-2-1 tem permitido ao técnico italiano elevar ao máximo as capacidades dos melhores talentos que possui no plantel. O estilo destemido, baseado na circulação de bola tem encantado e deixado água na boca.

Segundo o portal WhoScored, o Sassuolo é o conjunto da Serie A com a maior percentagem média de posse de bola, 59.2% , à frente do Inter, de Antonio Conte, e da Juventus, de Andrea Pirlo. 

Fonte: WhoScored.com

O guarda-redes, Andrea Consigli, torna-se fundamental na circulação de bola, ao permitir encontrar espaços noutras zonas do campo através de constantes trocas de passes entre centrais e laterais. Manuel Locatelli, médio de 22 anos, é o verdadeiro cérebro dentro de campo. Aparece pelo meio, entre as linhas adversárias, constrói e pauta o jogo da equipa. Surge normalmente apoiado por Pedro Obiang, Maxime Lopez ou Mehdi Bourabia.

Ainda que De Zerbi se apoie na verticalidade dos seus médios, a equipa usufrui de extremos de grande qualidade: Domenico Berardi, o capitão, Jérémie Boga e Hamed Junior Traorè são jogadores que aliam a velocidade a uma grande qualidade técnica. Contudo, desengane-se quem achar que estes servem somente para cruzar. A verdade é que apenas Parma, Génova, Spezia e Torino cruzam menos que o Sassuolo na liga Italiana.

Os extremos, que geralmente, recebem junto à linha, atraem a marcação adversária para zonas laterais do campo, permitindo que seja encontrado espaço no meio. Os médios mais recuados, que se encontram no espaço entre linhas, sobem no campo e juntam-se a Filip Duričić, ex-Benfica, e Francesco Caputo. Juntos, formam a dupla do ataque mais furtivo do campeonato, com 18 golos em sete jogos, apenas igualados pela, também impressionante, Atalanta. O sérvio, que teve uma passagem bastante apagada pela Luz, tem sido crucial na manobra ofensiva e já soma três golos no campeonato deste ano. Já Francesco Caputo, avançado italiano de 33 anos, leva cinco tentos em sete jornadas, e estará certamente de olho nos 21, que registou na temporada anterior.

Fonte: Site Oficial U.S Sassuolo

A melhor classificação que o clube conseguiu arrecadar foi em 2015/2016, tendo alcançado um honroso 6º lugar. De Zerbi e os seus pupilos almejam melhorar este registo e a julgar, pelo menos, pelo futebol demonstrado até então, parecem ter todas as capacidades para ultrapassar os 61 pontos somados naquela que foi a melhor temporada do clube na Serie A.  

Escrito por: Gabriel Reis

Editado por: Mariana Mateus

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s