Pente Fino: A dedicação de Inês Oliveira pelo NEAPPT

Uma cara comum aos ISCSPianos pela sua presença no novo vídeo promocional da Universidade de Lisboa e pela participação ativa na Associação de Estudantes do ISCSP, Inês Oliveira, a mais recente presidente do núcleo de APPT, partilhou com o Desacordo um pouco da sua experiência pelo ISCSP, o seu papel como ativista, planos para o futuro e muito mais.

Muito recentemente foste a cara da nossa faculdade, do ISCSP, num vídeo informativo da UL. Como e quando surgiu essa oportunidade? 

A oportunidade surgiu por parte do instituto, em concordância com a AEISCSP, não sei bem porquê, estava de férias no Algarve quando me abordaram sobre se estava disponível para fazer o vídeo de receção. Posteriormente, foi tudo combinado e realizado pela UL, eles fizeram o guião do que tinha que fazer/dizer. Quando foram ao instituto gravar apenas escolhi a vista do pátio, por ser um sítio querido por todos nós alunos.

Como é que surgiu APPT na tua vida? 

Antes de estar no ISCSP estive em Gestão numa faculdade privada. No entanto, as expetativas ficaram muito atrás do que eu esperava, e mesmo com a insistência dos meus pais acabei por desistir. No ano seguinte, candidatei-me ao ISCSP. Inicialmente a minha ideia era AP, mas a minha média não dava, então a segunda opção foi logo APPT e não me arrependo nada. Vim a descobrir que para além da Administração Pública, APPT tem áreas emergentes, necessárias para o futuro.

De onde nasceu o gosto e dedicação pelo ativismo? 

Na verdade, no ensino básico já me interessava pelas questões do ativismo, não sabia bem o que isto queria dizer na altura, mas fui presidente da AE da minha escola no 9º ano, onde fui responsável pela rádio da escola, pela organização do baile de finalistas e também da viagem de finalistas.

No secundário, também fiz parte de uma lista, mas com cargos mais levianos. Penso que o facto de ser muito próxima aos meus primos  que eram mais velhos e sempre fizeram parte destes projetos me foi despertando o “bichinho” e o gosto pelas associações de estudantes. 

Inês Oliveira com 16 anos
Fonte: Inês Oliveira

Na tua ótica, quais são as principais características que alguém com o teu cargo deve ter? 

Determinação, dedicação e resiliência. 

Agora que já passaram 6 meses qual o balanço que fazes em relação ao NEAPPT? 

Positivo. Como sabemos, APPT é dos cursos mais pequenos e recentes do ISCSP, como tal, tem vindo a emergir no instituto de ano para ano, quando me candidatei a este cargo assumi com a minha equipa o compromisso de sermos visíveis independentemente do tamanho do curso.

E para o futuro o que podem os alunos do NEAPPT esperar do seu núcleo? 

Podem esperar sempre pessoas disponíveis para os alunos, que tentam e querem sempre fazer o melhor para o curso e para os seus alunos. Somos uma equipa unida e que trabalha em prol dos objetivos. O nosso foco será sempre aproximarmo-nos mais e mais dos estudantes de APPT. 

Na campanha eleitoral, quais os pontos fortes e fracos? 

Para mim, o ponto menos bom na campanha foi sem dúvida a questão das votações, onde uma grande parte dos alunos nem votou, por ser online. Mesmo com o entrave de uma campanha digital, sempre tivemos muito ativos.

Fonte: Instagram

Tendo em consideração o período pandémico em questão, para ti quais estão a ser os maiores obstáculos e as maiores dificuldades, tanto pessoalmente como enquanto presidente de um núcleo?

A proximidade com os novos alunos tornou-se algo triste para nós com o decorrer desta pandemia. O esforço foi redobrado para não os deixar desamparados o que hoje, é gratificante quando eles agradecem todo o acompanhamento que lhes foi disponibilizado neste ano tão atípico e difícil para eles enquanto caloiros. 

Fonte: AEISCSP

Sendo aluna de 3ºano, e último ano, da licenciatura em Administração Pública e Políticas do Território, já pensaste no que gostavas de fazer no próximo ano?

No próximo ano à partida seguirei para mestrado. Pretendia trabalhar em simultâneo caso surja alguma oportunidade na minha área ou semelhante. Ainda não sabendo ao certo o meu futuro, posso partilhar que um dos meus objetivos é um dia chegar a trabalhar na autoridade tributária e aduaneira.

Para ficares sempre informado sobre todas as atividades e todas as iniciativas do Núcleo de Estudantes de Administração Pública, não te esqueças de seguir o núcleo aqui.

Fonte: Jornal Desacordo

Escrito por: Mariana Rodrigues

Editado por: Miguel Brejo da Costa

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s