Construção do “estádio mais verde do mundo” foi autorizada

O estádio será a nova casa do Forest Green Rovers, equipa inglesa conhecida por ser o primeiro clube de futebol vegan do mundo.

estc3a1dio
O estádio será o primeiro do mundo a ser feito maioritariamente de madeira.

O Forest Green Rovers, equipa da 4ª divisão inglesa, acaba de ganhar autorização para construir o seu novo estádio, com capacidade de 5.000 espectadores. Ele fará parte de um projeto da empresa de energia renovável Ecotricity. O estádio será construído maioritariamente de madeira, visando ter uma emissão de carbono negativa e utilizará somente energia renovável. No entorno do estádio serão plantadas também diversas árvores nativas.

A iniciativa do clube eleva ainda o seu patamar de “clube mais verde do mundo”, como já foi descrito pela FIFA. Fundada em 1889, a instituição começou sua transição para a sustentabilidade em 2010, quando Dale Vince, dono da empresa que ira construir o estádio foi contactado pelo clube. A equipa encontrava-se em graves problemas financeiros e Vince, vegano e ativista pelo meio ambiente, disponibilizou-se a ajudá-los desde que eles aceitassem adotar iniciativas para tornar o clube mais ecológico.

Pouco tempo depois, Vince tornou-se presidente do Forest Green Rovers, e rapidamente baniu produtos à base de carne tanto do estádio como da dieta dos jogadores. Em 2015, a equipa tornou-se 100% vegan, a primeira do mundo a atingir tal feito e reconhecida pela Vegan Society, organização vegan mais antiga do mundo.

As mudanças inicialmente geraram a revolta dos fãs, mas Vince diz que atualmente as pessoas o agradecem pela mudança. Alguns jogadores da equipa também acabaram por adotar uma dieta vegan fora do clube, como o ponta-de-lança Reuben Reid, que inclusive declarou que a dieta melhorou o seu fôlego e físico no geral.

O New Lawn, casa atual da equipa também é um exemplo do compromisso do clube com o meio ambiente. Toda a energia utilizada nas instalações é renovável, e cerca de 1/4 dela provém de painéis solares instalados no teto do estádio. O seu relvado é tratado sem a presença de agrotóxicos e é irrigado somente com água da chuva. Foram plantadas diversas árvores nativas em seu redor, que também conta com postos para abastecer carros elétricos.

Porém, Vince acredita que o estádio atual, por não ter tido particular preocupação com o ambiente em sua construção, não é ecológico o suficiente e optou pela construção de um novo estádio.

A nova casa da equipa poderá ainda ter sua capacidade expandida para 10,000 espectadores, dependendo do sucesso da equipe, que atualmente vive sua melhor fase na história e briga pelo acesso à terceira divisão inglesa. Mas os torcedores ainda terão de aguardar para ver sua nova casa, que deve demorar no mínimo três anos para ser inaugurada.

Escrito por: Lucca Donassolo

Editado por: Cláudio Nogueira

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s