O jogo com dez golos que acabou em penáltis

A Carabao Cup, sendo uma taça da liga, pode não ser a competição de futebol inglesa que mais faz vibrar os adeptos ou à qual estes dão mais importância, mas ontem um dos seus jogos deu que falar. Não só por se tratar de um jogo entre dois dos maiores clubes do país, mas também pelo resultado estrondoso que teve.

Falo do confronto, válido para os oitavos de final, que se deu no Estádio Anfield entre o Liverpool e o Arsenal e que com certeza deixou muita gente boquiaberta.

Ao intervalo, os Gunners estavam com uma vantagem de 3-2 sobre os Reds. Um resultado que seria bastante comum caso não se dessem alterações no placard até ao final do jogo. No entanto, e naturalmente, os atuais detentores da Champions League conseguiram dar a volta à situação e acabaram por ser eles a passar para a fase seguinte, ao conseguirem empatar o jogo já nos últimos minutos e ao baterem os adversários nos penáltis.

Um leitor que esteja a ler esta notícia e que não tenha visto nem tenha qualquer informações sobre esta partida, já deve ter intuído que o Liverpool marcou mais um golo e que o resultado final foi 3-3, nada fora do normal. No entanto, se você se revê nesse tipo de leitor, digo-lhe já que se enganou redondamente na sua intuição. O resultado final, antes das grandes penalidades, foi 5-5. Algo que não se costuma ver assim tão frequentemente, nem no futebol inglês, considerado por muitos o futebol mais competitivo do mundo.

O primeiro golo do jogo foi marcado pelo defesa central alemão do Arsenal, Shkodran Mustafi…mas na sua própria baliza! Contudo, o uruguaio Lucas Torreira conseguiu, 13 minutos depois, cobrir o erro do colega de equipa. As equipas estavam agora empatadas a uma bola. Aos 36 minutos, os Gunners já tinham marcado mais dois golos, ambos apontados pelo jovem brasileiro Gabriel Martinelli, que tem vindo a destacar-se em vários jogos da Premier League. Pouco antes do intervalo, James Milner diminuiu a desvantagem dos Reds através de uma grande penalidade.

Já na segunda parte, o Arsenal agitou as redes do rival pela quarta vez aos 54 minutos, desta vez com um pontapé de Maitland-Niles, proveniente de uma brilhante assistência de Mesut Özil, que já não pisava os relvados há mais de um mês.

Contudo, Oxlade Chamberlain não perdeu a oportunidade de marcar contra o seu antigo clube e quatro minutos depois fez o 3-4.

Outros quatro minutos passaram e o jogo estava empatado, devido a um golo de Origi.

O 4-5 deu-se aos 70 minutos depois de Willock marcar e foi assim que o placard esteve até aos 94 minutos. Os adeptos do Arsenal já estavam a preparar-se para mais uma etapa na Carabao Cup…mas Origi bisou pouco antes do apito final.

Nos penáltis, os Gunners acabaram por perder devido a um remate de Dani Ceballos, defendido pelo guardião dos Reds. O Liverpool está agora nos quartos de final da competição juntamente com o Aston Villa, o Everton, o Leicester, o Manchester City, o Manchester United, o Oxford e o Colchester.

Escrito por: Beatriz Gouveia Santos

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s