Primeira edição da Festa da Primavera fora de portas foi um sucesso

O ano letivo 2018/2019 não estaria completo sem mais uma edição da mítica Festa da Primavera do ISCSP, uma das festas universitárias mais aguardadas do ano. Este ano, que teve lugar no passado dia 12 de abril, foram muitas as novidades, começando logo pelo local, que pela primeira vez não foi o ISCSP, mas sim a Sala XL no Lx Factory. Houve alguma apreensão e relutância em aceitar o espaço novo, mas a verdade é que a festa foi um sucesso e a escolha do Lx Factory mostrou-se uma aposta ganha da parte da AEISCSP. Phoenix RDC, Deejay Kamala, Wanilla e Mc Zuka foram os nomes que animaram a festa.

55875271_2576430732432099_8464396065192280064_n

Logo pelas 22h30, a sala XL do Lx Factory já aquecia ao som dos Wanilla, conjunto de DJ’s que trouxe o melhor da eletrónica e do Hip-Hop. O pessoal, que ia chegando aos poucos, rapidamente compôs a Sala XL e pela meia noite, quando o rapper de Vialonga Phoenix RDC entrou em palco, o espaço já estava muito bem composto.

Durante cerca de uma hora, Phoenix apresentou muitas músicas do seu reportório de uma carreira com mais de uma década, entre as quais o grande tema lançado este ano, Vencedor, música que deixou o Lx Factory a gritar a pulmões abertos: “Go Phoenix, Go!”. Um dos rappers mais esquecidos dos últimos tempos mas sem dúvida um dos OG’s e pioneiros do género em Portugal, deu um grande espetáculo onde, claro está, Hip-Hop não faltou.

De seguida, foi a vez de MC Zuka, rapper luso-brasileiro, trazer o melhor dos ritmos sul-americanos a Lisboa. Nascido no Brasil, cedo veio para Portugal onde começou a dar os primeiros passos no rap nacional, mas hoje é mais conhecido pela vertente do funk e do Dance Hall. Interpretou temas bastante conhecidos do funk brasileiro como Baile de Favela, Olha a Explosão, Parado no Bailão ou Você Partiu Meu Coração, bem como alguns temas lusitanos do género como Faz Gostoso, de Blaya (que foi o próprio MC Zuka a escrever para a portuguesa), e os seus próprios temas Sentadinha, Vaga(Bunda) Ave Maria.

Para o fecho da festa coube a Deejay Kamala rebentar com a Sala XL e a missão foi claramente cumprida. Com vários anos de carreira, Kamala tem fortes ligações ao Hip-Hop, género que ocupou grande parte do seu set com músicas de Wet Bed Gang, Travis Scott, Profjam, Kendrick Lamar e Drake, mas que também deixou espaço para algum trance e outros tipos de música eletrónica, o que levou a sala ao delírio até perto das 4h da manhã. Sofreu alguns problemas no que toca ao som mas nem isso abrandou a festa e o próprio fez questão de tentar estender ao máximo o seu set para que não saíssemos injustiçados.

Passou-se assim mais uma edição da Festa da Primavera, mantendo o legado já há muito criado à volta de uma das mais épicas festas universitárias de Lisboa. A apreensão que se sentiu em relação ao espaço evaporou-se assim que cada um de nós pisou o chão da Sala XL e entrou no ritmo da festa, o feedback foi muito positivo e esta sim, pode muito bem ter sido #AMaiorDeSempre .

Escrito por: Bruno André

Editado por: Cláudio Nogueira

 

Um pensamento sobre “Primeira edição da Festa da Primavera fora de portas foi um sucesso

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s