Semana Académica de Lisboa: Dia 18

Ao terceiro dia de Semana Académica de Lisboa (SAL), o Hip-Hop foi senhor e rei do palco, com proveniências e estilos muito diferentes, mas, ainda assim, sempre com a animação assegurada. O cartaz era composto por Domi, Wet Bed Gang, Dillaz e Jonas Blue. Era o dia em que se esperava o maior número de afluência, algo que foi confirmado pela organização, com uma publicação nas redes sociais a dizer “Recinto Esgotado”. Na verdade, as 15.000 pessoas presentes em Carcavelos fizeram com que fosse batido o recorde de assistência da Semana Académica de Lisboa, de sempre.

Domi, rapper oriundo do Algarve, aqueceu o palco da SAL logo a partir das 21h30, com o seu rap carregado de boas vibes. Domi deixou para a reta final do concerto os seus hits mais conhecidos como “Confins”, “Compasso” ou “Pensamento Leve”.

Gargantas afinadas e energias renovadas eram elementos necessários para assistir ao concerto que se seguia: Wet Bed Gang. Gson, Zara G, Kroa e Zizzy, conjunto de rappers de Vialonga, mostraram a Carcavelos que os seus concertos são do mais energético possível, entrando logo com a música sensação do grupo que os deu a conhecer ao mundo, “Não Tens Visto”. Um concerto que reuniu grande parte dos presentes junto ao palco, onde foram entoadas músicas como “Não Sinto”, “Já Passa”, “Mais Uma Party” ou “Essa Life é Good”. Um dos concertos mais esperados da noite terminou com êxitos como “Aleluia”, “Maluco” e ainda o inevitável single de Zara G, “Chaminé”.

Depois de Wet Bed Gang foi a vez de Dillaz, que jogava em casa, entrar em palco e rebentar com a SAL. Difícil era não conhecer e cantar músicas como “Pula ou Levas Bléu”, “Pedras no Meu Sapato”, o sempre intemporal “Não Sejas Agressiva” ou “Mo-Boy”. Ainda assim, contando com a presença do seu sobrinho em palco, longo foi o reportório do rapper cascalense, cantando músicas como “Reflexo”, “Wake & Bake”, “Eu Estou Bem”, “Caminho Errado”, “Protagonista”, “Clima” e terminando, como sempre, com a frase “Já sinto saudade…” dando o mote para a última música da noite, “Saudade”. Com “Mo-Boy” a tocar, vários subiram ao palco, incluindo Jimmy P, Wet Bed Gang e, pela mão de Dillaz, a sua própria mãe.

Para terminar a noite, coube ao DJ norte-americano Jonas Blue animar a malta que ainda se encontrava na SAL. O Dj, conhecido pelos hits “Perfect Strangers”, “Mama”, “By Your Side” e pelo remix de “Fast Car”, entrou em palco por volta das 2h da manhã e não mais parou até quase às 4h. Muito se dançou durante quase 2 horas de set, onde a eletrónica predominou, ao contrário daquilo que se evidenciou ao longo de toda a noite.

Para hoje, dia 19, estão marcados os concertos da Estudantina Universitária de Lisboa, de Fernando Daniel, Jimmy P, Nelson Freitas e Karetus. É isto que fica.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Escrito por: Bruno André

Editado por: Daniela Carvalho

Fotografias de: Daniela Carvalho

 

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s