Dia 3 do Caparica Primavera Surf Fest: Nem as colunas aguentaram a força do hip-hop

Foram os GROGnation a abrir o terceiro dia do Caparica Primavera Surf Fest, com direito a um público entusiástico e que revelou conhecer bem o reportório do coletivo de Mem Martins. Temas como Vou na Mema ou Ankuras deram início a uma atuação que cedo foi interrompida por problemas técnicos. Depois de uma hora de incertezas sobre a possibilidade de se dar continuidade ao espetáculo, de um pedido de desculpas por parte da organização e de múltiplos cânticos do público que preencheram o vazio deixado pela avaria técnica, os cinco rappers da linha de Sintra voltaram ao palco para continuar o concerto.

Após (finalmente) conseguirem terminar o tema Chama-me NomesHarold exclamou: “Desta vez não foi abaixo!”. Seguiram-se algumas das músicas mais conhecidas do grupo: Molio, Shots de Grog ou Na Via, que levaram o público ao rubro, com Papillon (que recentemente lançou o seu álbum de estreia a solo) a dar o mote: “Quem conhece a nossa arruaça já sabe como é que a gente faz!”. E foi nesse mesmo estado de arruaça que o concerto terminou: após Voodoo, que contou com o apoio das clássicas lanternas e isqueiros por parte do público, os GROGnation fecharam a atuação com Barman, que é o tema perfeito para quem quer terminar uma atuação com agitação máxima da audiência. Apesar dos problemas técnicos, os GROGnation deram a volta por cima e consumaram uma performance elétrica, como é habitual da sua parte, diga-se. Era agora a vez dos Orelha Negra entrarem em palco.

Numa atuação menos agitada em comparação com a que a que os artistas anteriores proporcionaram ao público na Caparica, ou não fossem uma banda de instrumentais, os Orelha Negra mostraram que não são precisas palavras para deixar marca numa audiência. Apostando maioritariamente nos seus temas mais recentes, o quinteto constituído por DJ CruzfaderFrancisco RebeloFred FerreiraJoão Gomes Sam The Kid, apresentaram-se com uma setlist potente com músicas que embora não pudessem ser cantadas pelo público, eram acompanhadas pelas cabeças a abanar e pelos pés a bater, de quem está atento e a sentir cada batida. Composições como Ready, A Sombra e Parte de Mim tornaram entusiasmante a transição entre a “nova” e a “velha” escolas do rap português. Afinal de contas, vinha aí um dos nomes mais sonantes de sempre do género musical em Portugal.

Após problemas técnicos no início da noite e da mudança de horário que, psicologicamente, fez tudo parecer mais demorado, Valete finalmente surgiu em palco para delírio da plateia. Quase sempre acompanhado por Bónus, amigo e artista que apoia Viris nas performances ao vivo, o rapper da Damaia serviu-se da projeção videográfica e até mesmo de acessórios em palco, proporcionando uma experiência bastante teatral a quem acompanhou o concerto. Entre vídeos que percorriam a letra da música enquanto Valete rimava e coreografias que ilustravam as letras do artista, a lenda do hip-hop português interpretou maioritariamente temas clássicos do seu reportório, naturalmente (já que não lança um álbum novo há mais de uma década).

Poder (tema recente) abriu o concerto, Canal 115 e Subúrbios despertaram o público mais conhecedor da sua obra, Johnnie Walker, (tema novo e que representa uma fase negra da vida do cantor) colocou a audiência em silêncio enquanto absorvia a mensagem transmitida. Eventualmente, chegaram os temas mais conhecidos do público em geral: Fim da Ditadura e, principalmente, Roleta Russa, contaram com o apoio praticamente total da plateia, sendo que a última poderia mesmo ter sido só cantada pelo público. Rap Consciente, tema que aquando do seu lançamento gerou polémica pela sua letra acutilante, fechou, em grande, um concerto que, pelo que se viu, fez valer a espera do público presente.

Escrito por: Pedro Chula

Fotografias de: Ricardo Marquês

Editado por: Daniela Carvalho

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s