As eleições em Itália deram em mais um impasse político

Italian-election-2018-candidate-Luigi-Di-Maio-1248214

As eleições italianas deram em mais um impasse político: nenhum partido conseguiu maioria absoluta, o que põe em cima da mesa a necessidade de formar consensos entre os diferentes partidos.

Mas esta não foi a grande novidade da noite de eleições italianas: a grande novidade foi a vitória do Movimento Cinco Estrelas, com cerca de 32% dos votos, movimento populista e anti-Europa criado pelo comediante Beppe Grillo, e o resultado significativo da coligação de partidos de direita, da qual faz parte a Liga Norte e a Força Itália do ex-primeiro-ministro, Silvio Berlusconi, cuja soma de votos ultrapassa até o resultado do Movimento Cinco Estrelas, na ordem dos 35%. O Partido Democrático de Matteo Renzi é o grande perdedor das eleições: Renzi já apresentou a sua demissão face ao pobre resultado obtido, na casa dos 20%.

Abriu-se um novo ciclo em Itália: o euroceticismo e o populismo foram os grandes vencedores da noite eleitoral, cujo crescimento foi motivado pela incerteza do benefício da continuação da Itália no projecto europeu e pela crise dos refugiados, que é vista como um fardo para os italianos, especialmente para os italianos do Sul.

Escrito por: Andriy Voyevoda

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s