EMA 2017: no Swift, only Mendes

Este domingo ficou marcado pela entrega dos EMA, a segunda maior cerimónia de entrega de prémios da MTV (depois dos VMA) e a maior celebração anual dos artistas europeus, apesar de nos últimos anos terem vindo a ser galardoados cada vez mais artistas intercontinentais. Este ano, as surpresas foram o ingrediente principal desta cerimónia, onde o inesperado deveria ter sido esperado por tudo e por todos.

Digo isto, pois a principal favorita, Taylor Swift, para muitos a artista mais comercial da atualidade, levou nada mais, nada menos, do que 0 prémios para casa. O que pareceu ser uma loucura para muitos, só demonstrou que tudo o que é “em exagero” torna-se enfadonho e que visualizações astronómicas no YouTube não são sinónimo de qualidade.

Pelo contrário, o grande vencedor da noite foi o canadiano Shawn Mendes, surpreendendo muitos, mas que deve ser congratulado, dado que 2017 foi, provavelmente, o melhor ano da sua carreira. O artista de origem portuguesa e britânica levou para casa os prémios de Melhor Canção (“There’s Nothing Holdin’ Me Back”), Maiores Fãs, Melhor Artista Canadiano e Melhor Artista, o prémio mais aclamado da noite, enaltecendo a sua criatividade e versatilidade cativantes.

Numa noite que teve entre outros vencedores como Ed Sheeran, Camila Cabello, Kendrick Lamar, Louis Tomlinson, Zara Larsson, Alan Walker, 30 Seconds to Mars, David Guetta, Fifth Harmony, Anitta, J Balvin, entre outros, há que destacar o vencedor de Melhor Artista Português, DJ Overule, que deixou para trás nomes como Virgul e os HMB e, como é óbvio, a homenagem feita à banda mítica U2, que tiveram a honra de serem considerados, este ano, o Ícone Global pelos EMA, algo que já vinha tarde para uma daquelas bandas que, muito sinceramente, já não se encontra nos dias de hoje e que talvez nunca mais se encontrará futuramente.

Apresentados este ano por Rita Ora e com atuações ao vivo que sempre tornam esta entrega de prémios tão memorável a cada ano que passa, os EMA voltaram a dar que falar, com a MTV a provar mais uma vez que não brinca em serviço, fornecendo um grande espetáculo de entretenimento a todos os seus espectadores.

Escrito por: Pedro Escórcio

Editado por: Inês Queiroz

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s