Salve o planeta para os seus filhos…!

Socorro3

A 2 de agosto chegou às televisões das nossas casas a alarmante e infeliz notícia de que os recursos naturais disponíveis para 2017 tinham sido esgotados. O chamado Earth Overshoot Day, ou seja, o dia em que é atingido o limite do sustentável chegou uma semana mais cedo do que o ano passado (8 de agosto de 2016), sendo que a última vez que cumprimos o orçamento natural anual foi no ano de 1970.

Foi uma divulgação que deixou muita gente um tanto ou quanto assustada, mas a pergunta que paira é até que ponto cada um de nós tem co-responsabilidade de tal acontecimento e até que ponto podemos nós alterar o rumo do défice ambiental do nosso planeta.
A resposta é simples e compreensível: com a mudança de certas práticas que podem parecer mínimas, somos capazes de atrasar o overshoot day e isso começa por reduzir a nossa pegada ecológica.

A pegada ecológica é  um indicador que traduz o impacto que o estilo de vida de cada um tem sobre o planeta, apresentando em hectares a área em média que um cidadão necessita para suportar as suas exigências diárias.

O que podemos então fazer para ajudar o nosso planeta? Aqui ficam algumas propostas:

  • Alimentação: opte por consumir alimentos da época e que sejam produzidos localmente, pois estes despendem menos combustível no seu transporte; introduza no seu regime alimentar uma dieta mais vegetariana, ajudando assim a reduzir alguns gases do efeito de estufa que são gerados devido à produção massiva de carne;
  • Hábitos: não deixe ligados aparelhos que não estejam a ser utilizados; utilize papel reciclado (ex: papel higiénico, papel de cozinha, bloco de notas, etc.); guarde os alimentos em caixas (de preferência de vidro), em vez de utilizar papel de alumínio ou película aderente de plástico; entregue o óleo de cozinha já utilizado nos locais de recolha (e nunca mande pelo esgoto!); use garrafas de vidro ou cantis de alumínio; nas idas às compras de roupa não aceite sacos em todas as lojas (muitas vezes as lojas dão sacos grandes que são suficientes, ou então pode decidir-se por levar o seu próprio saco de pano); use sacos do lixo biodegradáveis;
  • Transporte: ande mais de bicicleta e de transportes públicos; entre na onda do car-sharing nas deslocações para o seu local de trabalho;
  • Consumo: evite comprar produtos descartáveis; adquira de preferência produtos avulso e não embalados; escolha escovas de dentes que não sejam de plástico (existem outras alternativas, como por exemplo, as de bambu); quando comprar conservas, opte pelas que estão em recipientes de vidro (pode mesmo depois reutilizar os frascos); procure consumir produtos de empresas que estejam envolvidas em programas de responsabilidade socioambiental.

Comece a fazer a diferença!

Escrito por: Inês Rechau

Editado por: Adriana Pedro

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s