Assim foi o segundo dia de SBSR

Digo de antemão que este dia é para os fortes, os que aguentam dez horas seguidas a saltar de palco em palco, de concerto em concerto, pois era difícil escolher os artistas a ouvir, tal a sua qualidade e categoria. Um dia que foi quase exclusivamente dedicado ao hip-hop, salvo algumas excepções.

Fez-se sentir um dia solarengo e de bastante calor, apanágio dos festivais de Verão, um dia que prometia bastante. De seu nome artístico, Pusha T ou, como gosta de ser chamado, “El presidente”, da G.O.O.D. Music foi o primeiro a atuar no segundo dia do Super Bock Super Rock. O “rapper” de renome internacional, vinha com a certeza que ia abalar o palco EDP. E assim o fez. Um concerto inesquecível, onde era impossível ficar parado e não vibrar com as músicas que o artista ia trazendo para o público. Cantou vários hits e colaborações que tem com outros artistas, entre eles “Runaway” com Kanye West e “Mercy” em que colabora com Kanye West, Big Sean e 2 Chainz. Um concerto que apenas pecou pela pouca duração que teve e pelo menor número de pessoas que assistiu dada a hora em que se realizou o concerto.

Difícil era ficar parado neste que era o segundo dia da 23ª edição do Super Bock Super Rock, pelas atividades e bancas dentro do recinto que rodeava a Meo Arena. João Coelho, mais conhecido por “Slow J”, subiu ao palco EDP por volta das 19h45, num final de tarde inesquecível e que vai ficar na memória daqueles que marcaram presença no dia de ontem. Com a simplicidade e humildade que o caracterizam, Slow J cantou principalmente músicas do seu último álbum “The Art Of Slowing Down”, com a exceção de “Comida” e “Cristalina”. Este contou com a ajuda dos rappers GSon e Papillon para levar o público ao delírio aquando da atuação da música “Pagar as Contas”. Sem dúvida, um hino ao hip-hop e à música portuguesa, aquele que é um talento já firmado no panorama nacional.

De realçar que “Língua Franca”, um projeto português e brasileiro que conta com a presença de Capicua e de Valete, também esteve presente no palco EDP, num concerto em que Valete também cantou o seu último e polémico hit “Rap Consciente”.

Já de noite, todos esperavam pelo cabeça de cartaz e principal atuação da noite. O rapper norte-americano “Future” entrou no Meo Arena e merecia nunca mais sair de lá. Uma atuação para ficar na retina, em que os “moches” foram uma constante, dada a força e pujança da atuação do mesmo. Cantou os seus principais hits “Mask off”, “Coming out strong” ou “Used to this”, e não desiludiu, de todo. As pessoas que abandonaram o Meo Arena, no final do concerto, transpiravam de tanto saltar e vibrar.

Como se não bastassem quase dez horas de concertos com poucas interrupções, ainda faltavam atuar, no palco Carlsberg, os “Beatbombers”, constituídos por Stereossauro e Dj Ride, dois dos mais conceituados djs de hip-hop e rnb em Portugal, conjugam estes estilos de música juntamente com batidas de outros géneros musicais, nomeadamente o género house . Num final de noite que já era de loucos, ainda mais ficou depois desta atuação! Eletrizante do primeiro ao último minuto, estes não falharam e fecharam com chave de ouro aquelas que foram as principais atuações e referências do segundo dia de Super Bock Super Rock.

Amanhã, no terceiro e último dia de festival, espera-se mais um grande dia com as bandas Foster the People, Fatboy Slim e Deftones a prometerem fechar em grande esta 23ª edição.

Este artigo de opinião é da pura responsabilidade do autor, não representando as posições do desacordo ou dos seus afiliados.

Escrito por: Rodrigo Cipolli

Editado por: Ricardo Marquês

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s