11 contra 11 e no fim… ganha a Alemanha!

Alemanha

Na final da Taça das Confederações, a Alemanha, campeã do mundo em título, conquistou mais um troféu para o seu palmarés, ao vencer o Chile por 1-0.

O jogo decisivo foi disputado no Krestovsky Stadium (São Petersburgo), jogo este que teve muito mais pendor ofensivo por parte da equipa vencida do que da parte da equipa vencedora. Por volta dos 20 minutos de uma primeira parte bastante bem disputada por ambos os conjuntos, surgiu o único golo da partida. O médio chileno Marcelo Díaz, num lance totalmente displicente em zona proibida, perdeu a bola para Timo Werner, que com toda a tranquilidade do mundo, ofereceu o golo ao seu colega de equipa Lars Stindl, colocando, assim, a selecção alemã na frente do marcador.

No segundo tempo, o fervoroso coração sul-americano do Chile não conseguiu ultrapassar a gélida Alemanha. Existiram boas oportunidades de golo, faltas bastante violentas, faltou apenas o golo tão ambicionado pelos 18 milhões de chilenos. O jogo terminou então com a vitória da Maanschaft, que levou para casa a medalha de ouro e a primeira Taça das Confederações do seu historial.

Destaque, ainda, para os prémios individuais: Julian Draxler (Alemanha) foi eleito o melhor jogador da prova, Claudio Bravo (Chile) foi distinguido como o melhor guarda-redes e Timo Werner conquistou o prémio de melhor marcador com 3 golos marcados.

Alemanha 1

Escrito por: Jorge Neves

Editado por: Adriana Pedro

 

 

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s