Portugal despede-se do Europeu Sub-21 vitorioso 

Ficou hoje fechado mais um grupo do Europeu de Sub-21, o Grupo B, de Portugal. A seleção portuguesa venceu a Macedónia por 4-2 mas não foi o suficiente para passar à próxima fase da competição. A Espanha, já qualificada desde a segunda jornada, terminou o grupo com três vitórias ao bater a Sérvia por 1-0.

11 de Portugal: Bruno Varela, Pedro Rebocho, Tobias Figueiredo, Edgar Ié, João Cancelo, Renato Sanches, Rúben Neves, Daniel Podence, Bruma, Iuri Medeiros e Gonçalo Paciência.

11 da Macedónia: Shishkovski, Zlatanov, Zajkov, Bejtulai, Murati, Babunski, Enis Bardhi, Nikolov, Gjorgjev, Angelov e Radeski.

Desde cedo que a seleção portuguesa mostrou que iria encarar este jogo da maneira que devia: apontando aos quatro golos que teria de marcar obrigatoriamente. Logo aos dois minutos da partida, o central do Belenenses, Edgar Ié apontou o primeiro golo da partida após canto de Iuri Medeiros (Boavista/Sporting). Vinte minutos depois surge Bruma (Leipzig) na ala esquerda que após tirar do caminho o lateral macedónio atirou para o canto superior direito da baliza. Belo golo do avançado português. Aos 40 minutos, numa das poucas investidas da seleção macedónia, Enid Bardhi “limpou” Iuri Medeiros do lance e atirou sem hipóteses para Bruno Varela. Ao intervalo 2-1 era o resultado a favor de Portugal. 12 minutos depois do reatar da partida, o médio sportinguista Daniel Podence faz o 3-1 após belo passe em desmarcação de Iuri Medeiros que contabilizou a segunda assistência do jogo. Cambaleado para a frente, num jogo bastante aberto e com muito espaço entre linhas, Portugal acabou por sofrer o 3-2 após um contra-ataque da Macedónia. Markoski apontou o golo seis minutos depois de ter “saltado” do banco. Até ao fim houve tempo ainda para Bruma bisar na partida, devolvendo a esperança à seleção portuguesa embora de forma infrutífera. Houve também tempo para estragar a boa exibição do árbitro eslovaco Ivan Kruzliak ao expulsar Diogo Jota, sem explicação alguma que tenha sido evidenciada. Portugal falha assim o apuramento para os quartos de final do euro sub-21.

11 da Espanha: Pau López, Gayá, Mikel Merino, Diego González, Odriozola, Denis Suárez, Rodrigo Hernández, Carlos Soler, Oyarzabal, Borja Mayoral e Iñaki Williams

11 da Sérvia: Manojlovic, Filipović, Jovanović, Vejlković, Antonov, Sasa Lukić, Maksimović, Mijat Gacinovic, Radonjić, Andrija Zivkoviće Uros Durdević.

A Espanha enfrentou a Sérvia apenas para cumprir calendário para ambas as seleções com realidades ambíguas: a Espanha já apurada, a Sérvia já eliminada. No entanto, bom jogo de futebol de parte a parte com várias ocasiões de perigo para ambos os lados, sempre com alta intensidade de jogo e uma ligeira superioridade espanhola. O único golo do jogo foi apontado por Denis Suárez, médio do Barcelona após assistência de Odriozola(Real Sociedad). O jogo terminou ainda com a seleção sérvia reduzida a 10 jogadores após expulsão de Uros Durdević por acumulação de amarelos.

Escrito por: Bruno André

Editado por: André Blayer

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s