Bem-vinda, Taça das Confederações

taça das confederaçoes

Hoje, dia 17 de junho, começa a 10ª edição da Taça das Confederações, outrora denominada de Taça do Rei Fahdad, que conta com a participação, pela primeira vez, da seleção portuguesa de futebol, devido à brilhante conquista da equipa portuguesa no Euro 2016.

A prova, da autoria da FIFA, vai ser realizada na Rússia e pode ser vista como uma preparação para o Mundial de Futebol de 2018, que também irá decorrer na Rússia. Para além do país que acolhe a Taça das Confederações, os países que ganharam os títulos continentais e o atual campeão do mundo têm o bilhete garantido para a participação, que ocorre de 4 em 4 anos e já teve vencedores como o Brasil (que já conquistou o título 4 vezes), a França, a Argentina, o México e a Dinamarca. Uma das curiosidades desta competição é que, até hoje, nunca o detentor do título nesta prova, que arrancou em 1992, conseguiu sagrar-se campeão do mundo.

Os estádios, Saint-Petersburg Stadium (com capacidade para 69000 espetadores), Spartak Stadium e Kazan Arena (ambos com capacidade para cerca de 45000 adeptos) e o Fisht Stadium (com lotação para 40000 espetadores) vão receber jogos dos Grupos A e B, jogos das meias finais e o jogo da atribuição do terceiro e quarto lugar, bem como a final do torneio.

O grupo A é constituído pela anfitriã Rússia, por Portugal (atual campeão europeu), pelo México (vencedor da Gold Cup) e pela Nova Zelândia (campeã da Oceânia). No grupo B, figuram o atual campeão do mundo Alemanha, o Chile (vencedor da Copa América), a seleção dos Camarões (campeão africano) e a Austrália (campeã do continente asiático). Os primeiros dois classificados de cada grupo passam para as meias-finais.

A seleção portuguesa, comandada por Fernando Santos, inicia a sua participação no dia 18 de junho às 16 horas (de Portugal) contra o México, no Kazan Arena. Após 3 dias de descanso, Portugal volta a entrar em campo no dia 21 de junho, desta vez para jogar contra a anfitriã Rússia, no Spartak Stadium. Portugal termina a fase de grupos no dia 24 de junho com o jogo contra a Nova Zelândia, no Saint-Petersburg Stadium.

Nesta competição, vão ser testadas novas regras no funcionamento do jogo, como por exemplo a implementação da quarta substituição (caso o jogo prossiga para prolongamento), o aumento dos tempos de compensação e a inclusão do vídeo-árbitro, que vai ter um português em destaque nesta função (o árbitro Artur Soares Dias foi um dos oito vídeo-árbitro nomeados para a competição).

Apesar desta prova ser da FIFA, já recebeu muitas contestações devido a realizar-se no final de uma época considerada desgastante para muito jogadores e, para além disso, por não ter prémios monetários exorbitantes para as seleções que participam.

Independentemente das críticas, convém referir que a Taça das Confederações continua a ser uma competição de bastante prestígio, a qual qualquer seleção pretende conquistar. Para além disso, os adeptos do desporto-rei vibram com qualquer competição, seja esta qual ela for. Resta saber quem vai levantar a taça no dia 2 de julho no Saint-Petersburg Stadium.

Escrito por: Thomas Mendes

Editado por: Daniela Carvalho

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s