SAL 2017: Dia #3

Realizou-se esta sexta feira, dia 19 de maio, o terceiro dia da Semana Académica de Lisboa (SAL). Este que foi o dia de maior afluência até agora, contou com a presença de nomes como Mishlawi, Dillaz e D.A.M.A que cativaram do primeiro ao último segundo todos aqueles que estiveram presentes no Passeio Marítimo de Algés.

A noite de concertos começou cedo, por volta das 21h45. Eden Lewis II subiu ao palco principal da SAL para cantar temas como “Apologize”, “Soulove” ou “Good Things”. O artista português, que é um nome em ascensão no panorama nacional, apresentou um género musical mais calmo e diferente do que se iria ouvir daí para a frente.

A noite prosseguiu e com ela veio Mishlawi. O artista nascido nos EUA que com 10 anos veio para Portugal viver, como o próprio referiu, começou a entusiasmar o público presente desde o início. Com uma notável presença em palco e a cantar os seus “hits” mais conhecidos, Mishlawi conseguiu destacar-se pela positiva. Cantou músicas como “all night”, “what’s happening”, “limbo”, “turn back” e “always on my mind”. Para terminar a sua actuação chamou ao palco o grupo “Wet Bed Gang” e estes não desiludiram. “Não tens visto” foi o tema que o grupo mostrou ao público. Mishlawi demonstra ter influências do hip-hop e trap music americano, conseguindo inovar e surpreender o público mais exigente.

Seguiu-se o rapper Dillaz. Este deu grande destaque ao seu último álbum “reflexo”, na qual cantou “Mo boy”, “Protagonista”, “Eu estou bem”, “Sonhar nesta vida não chega”, entre outras. Também trouxe algumas musicas antigas, como Arena”, “Paga pra ver” ou “Não sejas agressiva”. Um nome gigante do hip-hop português que mais uma vez comprovou o seu estatuto, aquecendo a noite fria que se fazia sentir em Algés.

Para terminar as actuações nacionais, a SAL trouxe-nos como cabeça de cartaz o grupo “D.A.M.A”. Estes entoaram os seus hits mais conhecidos, entre eles estão “Era eu”, “Tempo pra quê”, “Não dá”, “Às vezes”, “Balada do desajeitado” e “Luísa”.

Para finalizar o dia, Dj Bl3nd subiu ao palco prometendo animar todos os que estavam presentes com a sua música electrónica. O Dj, na sua forma muito característica de estar em palco, abriu várias garrafas de champanhe, apontando para o público. Energético e contagiante, conseguiu com que o público o acompanhasse nos saltos e nas musicas.

Hoje, dia 20 de Maio, último dia da Semana Académica de Lisboa 2017, temos como grande destaque as atuações de Kura, Agir e Regula.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s