7º dia de Millennium Estoril Open: um dia de ventos e emoções

Este slideshow necessita de JavaScript.

As más condições climatéricas que marcaram o começo desta sexta feira, condicionaram o início dos jogos, que sofreram um atraso de uma hora e vinte minutos. Não só as chuvas fortes verificadas na madrugada e na manhã deste dia, mas também o vento intenso sentido durante a tarde foram uma complicação para a normal realização dos jogos.

O sétimo dia do torneio colocou frente a frente os espanhóis Carreño Busta (21º no ranking ATP) e Nicolas Almagro (86º no ranking ATP).  Ao contrário do que aconteceu no confronto final do ano passado, Almagro, vencedor do Estoril Open 2016, foi este ano eliminado nos quartos de final, com uma derrota em dois sets, num jogo que durou uma hora e dez minutos. Pablo Carreño venceu o primeiro set por 6-2. O nervosismo era evidente em Almagro, mas, apesar do esforço, acabou por perder também o segundo set por 6-4. Assim, voltaremos a encontrar Carreño, hoje, nas meias-finais, enquanto que o, ainda, atual detentor do título de campeão terminou ontem o seu percurso neste torneio.

O segundo jogo do dia não trouxe grandes felicidades para Ryan Harrison. O estadunidense, que ocupa o 52º lugar no ranking, esteve pela primeira vez num torneio em Portugal, perdendo em dois sets contra David Ferrer (31º). Uma hora e onze minutos foi o suficiente para ditar o destino dos jogadores. Ferrer venceu o primeiro set por 6-4 e o segundo por 6-0, não dando hipótese a Harrison, que, por várias vezes, contestou a arbitragem.

Pouco depois das 18h, o court Millennium voltou a encher-se para receber mais um grande jogo. Kevin Anderson, posicionado no 66º lugar do ranking, defrontou o francês Richard Gasquet, 23º. Num jogo que durou duas horas e quarenta, estava difícil encontrar o próximo atleta que seguia para as meias-finais. O tenista sul-africano levou a melhor no primeiro set, com uma vitória de 6-2. Já no segundo set o cenário foi diferente, sendo Gasquet a consagrar-se vencedor por 6-3. A competição continuava renhida, passadas duas horas ainda se jogava o último set, que terminou com Anderson a apurar-se para a próxima fase após derrotar o francês por 7-6 no tie break.

Logo de seguida, iniciou-se o confronto entre o japonês Taro Daniel (113º) e o luxemburguês Gilles Muller (28º). O primeiro set terminou com vitória de Taro por 7-5. Seguiu-se para um segundo set, igualmente bem disputado, mas, desta vez, consagrando Muller vencedor por 6-2. O terceiro e último set deixou o japonês afastado das meias-finais por um derrota de 6-3, dando a Gilles um bilhete direto para a próxima fase, depois de uma hora e cinquenta e seis minutos de jogo.

Uma vez apurados os quatro atletas que irão disputar, hoje, as meias finais, podemos avançar com o programa dos jogos.  A partir das 15h, o court Millennium irá ser palco do confronto entre os compatriotas Pablo Carreño Busta e David Ferrer. De seguida, Gilles Muller irá enfrentar Kevin Anderson.

Escrito por: Sofia Mendes

Fotos por: Ricardo Marquês

Editado por: Ricardo Marquês

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s