Conferência “Comunicar em Televisão”

17813939_10206772710516256_829928318_n

O  quarto dia do Sétimo Fórum das Ciências Sociais terminou com a última conferência dinamizada pelo Núcleo de Ciências da Comunicação, NCC, que teve lugar no sala 7 do  piso-1 do ISCSP. O evento contou com um painel de oradores constituído por Isabel Angelino, apresentadora de televisão na RTP, e Miguel Leitão, repórter da TVI. Afonso Sobreiro, aluno de terceiro ano da licenciatura de Ciências da Comunicação, foi o moderador.

 O objetivo da conferência foi conhecer as experiências que os oradores têm em televisão, seja  em frente à câmara ou atrás dela. Contou com uma sessão de esclarecimento de dúvidas mas principalmente com muita informação para os estudantes ISCSPianos.

A chegada destes oradores à televisão teve diferentes explicações. Isabel contou-nos a sua estreia, através de um concurso que procurava novas caras. Concorreu, passou, ganhou. “ Tudo aconteceu por acaso”, diz a mesma. Miguel entrou pelo estágio. Sabia o que queria, do que gostava e como teve oportunidade de estagiar, dando sempre o seu melhor, chegou a dar aulas de “acting”. Mais tarde passou a escolher conteúdos e a ser jornalista no programa “ Você na TV”.

A diferença entre a forma de trabalhar na televisão antigamente e atualmente foi um dos temas abordados. Segundo Isabel Angelino “a televisão, antigamente, era muito mas rígida. Hoje em dia, a televisão tem sido alterada, as pessoas conseguem ser elas próprias. Agora há muito mais flexibilidade em relação à roupa e à postura que o pivot deve manter. Antigamente havia aulas de dicção, postura, maquilhagem. Temos de saber fazer um pouco de tudo. Em reportagem somos nós que fazemos a nossa própria maquilhagem. Temos de ter uma linguagem universal para chegar a todo o público, articular bem as palavras, abrir as vogais”. No entanto, Miguel, abordou mais a parte digital e, assim, comentou que devemos aproveitar o mundo digital que esta a ser explorado, de acordo com ele, é uma janela de oportunidades que apresenta dinâmicas, um meio de comunicação para complementar o meio que hoje existe.

Miguel Leitão conversou ainda sobre o seu projeto, MIKAS, que tem como finalidade criar felicidade, despertar emoções e ajudar as crianças e jovens com doenças. Ambos deram conselhos para o futuro. Isabel, com 25 anos de experiência aconselha: “nunca desistam. Preparem-se para ouvir não. Acreditem em vocês próprios.” Miguel salientou ainda o pormenor do trabalho sincero e recompensado: “quem for honesto e trabalhador vai ser sucedido e feliz”. Os dois oradores sublinharam a importância do estudo, conhecer as bases da área à qual queremos concorrer e disseram que, “estudar são 10 minutos de preparação, isso para ter uma vida inteira”.

No final da conferência houve ainda tempo para mais uma troca de experiencias, tanto entre os oradores, de diferentes estações de televisão, como entre o auditório, que colocou questões e foi esclarecido por quem vive a televisão de outra perspectiva.

Escrito por: Glória Alves e Sofia Drumond

Editado por: Rita Rogado

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s