Dois Dedos de Música com Os Polegar

15672810_642506465874646_3873967051533695625_nQuatro jovens de 21 anos. Três de Torres Novas e um de Santarém. João Gomes, Rui Rosa, Tomás Gonçalves e Tiago Cordeiro são “Os Polegar” e integram uma das mais jovens promessas da música portuguesa.

Tomás, Rui e João eram da mesma turma no ensino secundário. Ouviam muita música juntos, tinham gostos musicais parecidos e uma enorme vontade de tocar as músicas que ouviam nessa altura. A ideia de formarem uma banda surgiu “na brincadeira” por Rui, João e outro amigo. Convidaram Tomás e puseram “mãos à obra”. Os quatro amigos – um deles já não faz parte de Os Polegar -, tocaram muitas canções que ouviam juntos, tanto em inglês como em português.

“Quando acabámos o secundário, alguns de nós iam para Lisboa e, sem baterista, sentimos que não fazia sentido continuar”, explicou ao desacordo Rui Rosa. E acrescentou: “até termos sido contactados pelo Pedro de Tróia (da editora Azul de Tróia)”. Nessa altura, “foi-nos sugerido que falássemos com o Tiago Cordeiro, que também faz parte dos Vira Casaca, para se juntar a nós”, disse João Gomes, outro elemento da banda.

Em Torres Novas, o grupo deu concertos como banda de covers, no entanto foi no Concurso de Bandas da Universidade Nova o primeiro concerto enquanto Os Polegar, em maio de 2015, contou Tiago Cordeiro.

Cantam em português porque acham que não fazia sentido que fosse de outra forma. “Sentimos que é o processo natural. É a nossa língua, que aprendemos e com que crescemos”, justificou Rui Rosa.

As músicas da banda foram todas escritas pelos quatro elementos e tratadas por Pedro de Tróia, que os ajudou no processo de criação. Já Tomás Gonçalves revelou que se inspiram em “matérias do coração” para escrever as músicas. “Todas as canções são canções de amor”, acrescentou.

Questionados sobre o nome da banda, “Os Polegar”, Tomás Gonçalves revelou ao desacordo que “surgiu numa aula de Português, curiosamente”. “Nunca tínhamos chegado a um consenso em relação ao nome, por isso escolhemos 500 nomes (uns bons, outros muito maus) e decidimos tirar ao calhas. O que saísse ficava o nome da banda. Calhou-nos “Fémures” e não gostámos nada [risos]. Acabámos por escolher Os Polegar”, disse a mesma fonte.

Em relação ao nome do primeiro álbum, “Assalto à Residência”, Os Polegar explicaram que um membro da banda gostava de visitar ilicitamente uma residência universitária para visitar uma “amiga”.

Para João Gomes, a música mais especial é a “Altar”, por ter sido a primeira música que a banda fez e tocou. Para Rui Rosa a escolha vai para “Nuvens de Lisboa”, porque foi feita no seu quarto, só com uma guitarra acústica. Já para Tiago Cordeiro, a música mais especial é a “Cinderela”, justificando que lhes “conta, afinal, o tamanho do pé da senhora”. Por fim, a escolha de Tomás Gonçalves é “Amor A Mais”, por ter sido a última a surgir e a primeira a ser lançada. Segundo Tomás, “foi a que deu o peito às balas”.

A escolha da redatora:

Eu concordo com o Tomás. Escolho a “Amor a Mais”.

Por ter sido a primeira música da banda a ser lançada, ou seja, a novidade para quem a ouve, a música que marcou “o início” entre o público e Os Polegar. Foi também a primeira música da banda que eu ouvi e adorei. É uma canção “dançável”, com uma melodia que me agrada e uma letra ainda melhor.

Por outro lado, a “Amor A Mais” entrou na compilação “Estou bem aqui em Portugal”, da editora Azul de Tróia.

Por fim, porque é uma canção de amor que fala sobre não ter problemas com o amor que é vivido em demasia. “Não me faz diferença se fazemos amor a mais, mas moras bem longe da crença de que beijos são atos banais”. E eu concordo.

O presente artigo de opinião é da pura responsabilidade do autor, não representando as posições do desacordo ou dos seus afiliados

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s